O LEITOR DO TREM DAS 6H27 - JEAN-PAUL DIDIERLAURENT // @INTRINSECA

27 de mar de 2019


O Leitor do Trem das 6h27 (Le Liseur du 6h27) - Jean-Paul Didierlaurent
Editora Intrínseca || Tradutor: Adalgisa Campos da Silva || Skoob
176 páginas || publicado em 2015


Guyslain Vignolles é um homem peculiar, onde todos os dias pega o trem das 6h27 para ir ao trabalho. Senta todos os dias na mesma cadeira retrátil e começa a ler em voz alta páginas avulsas de livros. Ele não gosta do lugar onde trabalha e segue a vida de maneira bem solitária, até que um dia, ao encontrar um pendrive perdido em sua cadeira usual, ele vai iniciar jornada que vai mudar a sua vida.

"Para todos os passageiros presentes na composição, ele era o leitor, um sujeito estranho que, todos os dias de semana, lia em voz alta e inteligível as poucas páginas retiradas de sua bolsa." - pág. 12

Esse livro foi uma grata surpresa para mim. Confesso que não sabia nada dele e ganhei de um amigo na bienal do rio de 2017. É um livro que normalmente está sempre em promoção e que eu nunca tinha visto uma crítica sobre. O que fez com que eu começasse bem receosa essa leitura, mas que ao passar das páginas fui me afeiçoando e me encantando por essa história que é tão simples e ao mesmo tempo trás uma mensagem tão bonita. 

Guyslain é um homem estranho, não tem muitos amigos e vive em função de um trabalho que não gosta numa usina de reciclagem de papel. Todos os dias tem a mesma rotina ao ir trabalhar, pega o mesmo trem, senta na mesma cadeira e lê várias páginas avulsas de livros que consegue resgatar da máquina de reciclagem com a qual trabalha. O que começou a me encantar é ver a importância que o personagem dá as palavras, como se elas pudessem salvar o seu dia e melhorar para o que está por vir.

Por ser um livro bem curtinho, eu não quero entregar muito da história, até porque a experiência de não saber nada foi muito gratificante. A vida de Guyslain começa a mudar quando ele encontra esse pendrive, que contém páginas de um diário escrito por uma mulher. E é a partir desse momento que ele começa a ir em uma jornada de autoconhecimento e que vai modificar a sua vida.


Pra mim, essa é uma história que fala abertamente sobre o amor aos livros e as palavras. Sobre como as páginas e as histórias podem mudar a nossa vida, fazendo com que consigamos enfrentar o mundo lá fora e as adversidades. Que dá esperança, que nos fazer conhecer coisas novas e que trás muitas surpresas para nossa vida. Graças as páginas que lê dentro do trem, Guyslain vai conhecendo pessoas inesperadas e mudando aos poucos a sua rotina e o seu humor. Como leitora, sinto o quanto os livros são importantes e ver isso retratado em uma história é muito bacana. 

Espero que deem uma chance a esse livro e que embarquem nessa história tão estranha no início mas que termina de maneira muito fofa. Finalizei essa leitura com um quentinho no coração e um misto de alegria e de dever cumprido. Garanto que não vão se arrepender.

Um beijo do coração, até!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Espero que tenha curtido a postagem! Volte mais vezes :D