OPINIÃO || O SILÊNCIO DA SEREIA - KATE WILLIANS || @willians_kate

17 de fev de 2018

O Silêncio da Sereia - Kate Willians

Páginas: 39
Ano: 2016
Editora: Independente
Encontre aqui: Skoob, Amazon (somente em e-book)

"Mergulho novamente para o fundo do mar, sentindo a dor de ser quem sou. A dor por ser uma criatura incompleta."





Oi gente, tudo bem? A indicação de hoje é uma releitura bem legal e dark de uma das minhas princesas favoritas!

Aria é uma sereia. Possui uma beleza fora do comum, mas tem uma particularidade que a faz distanciar dos outros de sua espécie: ela é muda. Como um dos fatores principais de uma sereia é sua voz melodiosa, Aria está destinada a sempre ser deixada para trás, nunca podendo se casar e ser feliz. Cansada de todo esse sofrimento, ela decide tomar algumas decisões e enfim ser respeitada, mas suas ações trarão aquilo que ela menos deseja.

"Se ainda houvesse uma gota sequer de esperança, faria tudo o que estivesse ao meu alcance parater uma voz, um canto, uma essência..."

Quem me conhece sabe que sou apaixonada por releitura dos contos de fadas. Sério, qualquer releitura que passar por mim eu leio, rs. Quando a autora disponibilizou que nós parceiros escolhêssemos uma de suas obras para o primeiro contato, não tive dúvidas por qual começar. E creio que comecei com o pé direito.

Nossa história nos traz a princesa Aria, uma sereia que por ser muda, é deixada de lado até por sua família, já que o canto é uma das características mais marcantes das sereias. O único ser que fica ao seu lado é o golfinho Eros, mas isso não é o suficiente para que ela se sinta feliz. Ela quer se sentir completa, assim como os outros seres. Logo no início percebemos que Aria tem bom coração, mas sentimentos como inveja, raiva e ódio permeiam seus pensamentos por não achar justo a sua condição. Isso me deixou feliz, pois ninguém é totalmente bom.


Se essa situação já não fosse ruim o bastante, ela é obrigada a ser amante de seu próprio pai, pois tritão nenhum irá querer se casar com uma sereia sem voz. Aria é obrigada a ser abusada pelo rei, se sentindo suja cada vez que ele encosta nela. Cansada dessa situação, ela tenta mudar o rumo de sua vida indo até a bruxa Leya, achando que ela será sua salvação. Mas o que a bruxa quer em troca é algo impossível, e isso a deixa ainda mais desesperançada. Até que decide se arriscar no mundo dos humanos. Em seu reino existe a regra de que se uma sereia for tocada por um humano e o sentimento for correspondido, ela terá a permissão de transitar entre os reinos e de trazer o seu amado ao reino das águas. Aria vê nos humanos a única oportunidade de mostrar o seu valor, e enquanto se relaciona com o Governador Erick, acaba percebendo que nem tudo são flores.

O conto é curto, então não posso dizer mais coisas do que eu já contei. A relação de Aria com Erick é intensa, ainda mais por ela nunca ter tido a oportunidade de estar com alguém por livre e espontânea vontade. Mas por não conseguir se comunicar, acaba não percebendo certas coisas sobre seu "príncipe encantado", o que faz com que a situação não seja do jeito que imaginava.

"Eu sou importante. E irei fazê-los lembrarem-se eternamente disso."

O Silêncio da Sereia é uma história não muito feliz, mostrando que nem tudo é perfeito, por mais que queiramos que seja. Através da Aria sentimos a dor da rejeição - por sua família e por si mesma, porque não se acha boa do jeito que é -, a forma como o abuso mexe com sua cabeça e péssima ideia de aceitar coisas de pessoas não confiáveis. Você espera que ela tenha um final feliz, mas sabe que pelas decisões que a protagonista toma, isso pode não acontecer.

A escrita da Kate é fluida e logo você imerge nos dilemas que Aria passa. Por ser um conto, alguns pontos não são aprofundados e alguns acontecimentos ocorrem mais rápido do que desejamos, mas isso não chega a atrapalhar a história. 

Espero que leiam o conto (é super rapidinho) e surtem comigo com aquele final. SÉRIO KATE, PORQUE FEZ ISSO COMIGO? (pronto, acalmei) Se já leram, não deixem de comentar suas impressões. Adorei esse primeiro contato com a escrita da autora e com certeza lerei outras obras dela.

E-book recebido em parceria com a autora.


Beijos e até a próxima

Me siga nas redes sociais
Facebook ∴ Instagram ∴ Twitter ∴ Skoob ∴ TV Time ∴ Filmow ∴ Spotify ∴ We Heart It ∴ Pinterest

9 comentários:

  1. Oii
    Já conheço a escrita da Kate, e gosto bastante, apesar de ter tido apenas um contato com ela.
    Achei o livro bem triste por conta do abuso que Aria sofre, espero que isso seja bem tratado na história, fora isso, o enredo está bem parecido com o conto original, que tenho que dizer, eu adoro.
    Fiquei curiosa para ler..
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Nossa que releitura mais forte! Não é tão diferente da história original pode-se dizer, mas vai bem longe dos contos de fada que somos acostumados. Estou com medo de ler esse conto e ficar com muita dor no coração, mas quem sabe em breve para uma leitura rápida e de passa tempo.

    ResponderExcluir
  3. Também adoro releituras de conto de fadas e confesso que já quero ler este livro, apesar da história parecer triste e forte deve ser uma ótima leitura.

    ResponderExcluir
  4. Olá! Amo releituras de conto de fadas. Ariel é umas das minhas favoritas, temos até a mesma cor de cabelo (risos). A história parece ser bem sombria, lembrando um pouco os irmãos Grimm.

    ResponderExcluir
  5. Olá Gabi ;)
    Também sou uma apaixonada por releituras, e não conhecia esse livro ainda ou o trabalho da autora. Outro tema que me interesso é sobre Sereias, já vi vários documentários sobre até.
    Adorei que o livro é curtinho, e acredito que dê pra ler em algumas horas.
    Já vou procurar o ebook no Kinde *-*
    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Não conheço a autora, mas pela quantidade de páginas vale a pena ler página por página. Um livrinho simples e rápido para ler, sem falar que nunca li livros sobre sereias.

    ResponderExcluir
  7. Adorei a ideia do livro e por um breve momento eu achei que ela era uma HQ de terror sobre sereias a capa Passa muito isso mas eu vou dar uma olhada depois e por ser bem curtinho acho que com certeza vou ler o livro

    ResponderExcluir
  8. Menina como assim temos um livro baseado em um conto da pequena sereia e eu não sabia ? Esse é minha história preferida, mas agora coitada dela ter que se sujeitar a ser amante do pai, mano isso da muito nojo pelo amor de Deus. Eu nem li esse livro e já to triste pela personagem, eu realmente fiquei curiosa e vou procurar uma forma de ler esse livro. Obrigada pela resenha.

    ResponderExcluir
  9. Gabi!
    Gosto muito de contos e quando é de releitura, mais dark, fico sempre curiosa para poder conhecer e ler.
    Valeu a análise e a indicação.
    “Eu escolho um homem que não duvide de minha coragem, que não me acredite inocente, que tenha a coragem de me tratar como uma mulher.” (Anaïs Nin)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir

Espero que tenha curtido a postagem! Volte mais vezes :D