CRÔNICA || ESTOU APAIXONADA POR UM AMIGO

9 de ago de 2017

Photo: We Heart It

Sabe aquelas pessoas que você nem conhece direito e já cria aversão à elas? Na minha cidade tem um cara assim. Eu o conheço de vista e também ouço falar dele, muito mal por sinal. Sabe, as pessoas já falaram tão mal dele que eu criei aversão a tudo que dizia respeito a ele.

Quando eu passava na rua e ele me desejava bom dia eu fingia não ouvir, mas ele sempre falava e quando eu estava de bom humor (coisa rara), respondia. Muita gente já disse que ele tem vontade de ficar comigo, se isso for verdade esse desejo já dura sete anos. Imagine que loucura passar sete anos ignorando o mesmo cara. Sempre achei estranho esse interesse dele por mim, às vezes até duvidava.

Passei tanto tempo o ignorando, odiando o "monstro" em que a sociedade o transformara para mim. Só agora percebo o quanto isso soa ridículo. Eu nunca havia trocado uma ou duas palavras com ele e já odiava até mesmo a menção do seu nome: "L", achava um absurdo alguém ser amigo dele, e o pior é que nem sei se o que me falaram é realmente verdade.

Decidi dar uma chance afinal, tentar ao menos conversar com ele e num desses encontros que a vida nos dá de presente conseguimos conversar um pouco, eu sorri perto dele, ele também sorriu... Pense num sorriso bonito que transmite coisas boas...

Sempre ouvi a expressão "estou apaixonada" no sentido de amor, mas nunca de amizade. Foi conversando com "L" que eu descobri que é possível se apaixonar por alguém que você quer apenas como amigo.

Deixe-me tentar explicar: eu sinto frio na barriga quando o vejo, fico feliz só de pensar nele, sinto vontade de estar perto. Esses são os sintomas mais comuns de uma paixão, claro que a maioria das pessoas dizem sentir tudo isso no sentido romântico, mas eu uso tudo isso para descrever o começo dessa amizade.

Sim, eu estou apaixonada, não quero namorá-lo, quero ser sua amiga. conhecer esse "L" que poucas pessoas dizem que é um cara legal, quem sabe assim conseguirei apagar essa imagem ruim que criaram dele na minha mente.

Ele me fez sorrir e sinto que perto dele posso falar todas as besteiras que eu quiser, posso ser eu mesma. E nesse mundo de fingimentos e aparências pessoas que te aceitam do jeitinho que você é, valem ouro.

Enfim, estou apaixonada por um amigo, estou apaixonada por essa nova amizade que está surgindo.

Siga o blog nas redes sociais
Facebook ∴ Instagram ∴ Twitter

4 comentários:

  1. Olá, tudo bem? Gostei muito de conhecer seu blog, amei sua crônica, me identifiquei com algumas partes rsrs

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  2. Oi Valéria,
    Adorei o seu texto! A Amizade é também uma forma de Amor!
    Impressionante como, às vezes, somos influenciados pela opinião dos outros. Fiquei curioso em saber se já decidiu se as outras pessoas tinha razão sobre L ou não.
    Beijos,
    André | Garotos Perdidos
    www.garotosperdidos.com

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Simplesmente adorei a crônica! Isso volta e meia acontece comigo... A gente acaba, mesmo sem querer, indo na onda dos outros e deixamos passar pessoas e oportunidades maravilhosas!

    ~ Compulsivamente Literária

    ResponderExcluir

Espero que tenha curtido a postagem! Volte mais vezes :D