OPINIÃO || AMIZADE É TAMBÉM AMOR - CARPINEJAR || @BertrandBrasil

4 de ago de 2017

Amizade é Também Amor - Carpinejar

Páginas: 288
Ano: 2017
Editora: Bertrand Brasil
Encontre Aqui: Skoob, Amazon, Saraiva, Buscapé.


"Toda pessoa é um idioma à parte."





Olá, pessoas. Eu gosto muito de crônicas e contos. Textos pequenos são ótimos para aquela leitura mais rápida quando a gente anda meio sem tempo, para dar um gás depois de uma leitura muito densa, etc. O texto costuma ter um impacto mais rápido, não temos enrolação para o desenvolvimento do tema e, a melhor parte, se você não gostar não vai ficar agoniada pensando se melhora mais para frente, só vai para o próximo e tudo bem. Por isso é sempre uma boa pedida quando estou nessas fases esquisitas da vida onde minha leitura fica bem reduzida.

"O amigo sempre volta. Pensando bem, não volta, nunca saiu do lugar. Ele é a rua que atravesso para chegar em casa." (p. 24).

Já conheço a escrita do Fabrício Carpinejar há algum tempo, principalmente através da internet, mas nunca tinha parado para ler um livro completo dele. Assim que surgiu a oportunidade peguei o trabalho mais recente e fui lendo aos poucos. São 122 crônicas, cada uma com até 3 páginas apenas e tratando sobre temas cotidianos. A grande maioria envolve amizade e amor (como diz no título), mas também temos reflexões sobre pais e filhos, como lidar com garçons, moradia, morte e até sobre a tragédia que aconteceu com o Chapecoense no final de 2016.


Como qualquer livro de crônicas, tem algumas que a gente gosta mais e outras menos. Mas fiquei bastante impressionada com a quantidade que marquei para reler o texto inteiro depois. A escrita do Carpinejar é muito simples, no melhor dos sentidos. Ele diz o que quer dizer, sem firulas ou floreios, e mesmo assim a leitura é muito agradável. Fora que, por serem situações cotidianas muito inspiradas na vida do próprio autor, o nível de identificação é bem alto. 

É um livro bem humorado, leve (mesmo quando trata de assuntos difíceis) e que me deixou bem feliz quando terminei de ler. Muitos textos trazem boas reflexões e um quentinho no coração. Minha crônica favorita é a última, se chama "Bom dia, alegria" e me deixou bastante pensativa sobre algumas coisas que eu vinha sentindo ultimamente. Gosto bastante quando a leitura se encaixa com a fase da vida pela qual estou passando e me ajuda de alguma forma.

"Sofremos por um defeito que ninguém enxerga, ninguém repara, e nos vendemos para os outros pela metade do preço." (p. 124).

O escritor é premiadíssimo e merece bastante o reconhecimento que tem. Então se você gosta de literatura nacional (ou esteja querendo conhecer mais escritores da nossa terra) é uma excelente indicação. Fora que acho muito difícil não achar pelo menos uma crônica que você goste e se identifique, já que são situações que ocorrem no dia-a-dia da maioria de nós. Espero que gostem.

Livro recebido em parceria com a editora.

Abraços e até a próxima.

3 comentários:

  1. Oi, Andréa!!
    Gostei muito da resenha e essa é a primeira vez que vejo falar desse autor, gostei bastante pois adoro cronicas!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  2. Oi Andréa,
    Gostei bastante da resenha. Apesar de ler alguns contos, não sou muito fã. Sinto que falta desenvolver um pouco mais a história na maioria dos casos. Já ouvi falar do autor e esse livro dele me chamou a atenção por se tratar de um tema que aprecio bastante que é Amizade.
    Beijos.
    André | Garotos Perdidos
    www.garotosperdidos.com

    ResponderExcluir
  3. Oie Andréia =)

    Nunca li nada do Carpinejar, mas sigo ele nas redes sociais e adoro os pequenos textos que ele publica na internet.

    Espero poder ler esse livro em breve ^^

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir

Espero que tenha curtido a postagem! Volte mais vezes :D