OPINIÃO || SETE MINUTOS DEPOIS DA MEIA-NOITE - PATRICK NESS || @Novo_Conceito

17 de mai de 2017

Sete Minutos Depois da Meia-Noite - Patrick Ness

Original: A Monster Calls
Páginas: 160
Ano: 2016
Editora: Novo Conceito
Encontre Aqui: Skoob, Amazon, Saraiva, Submarino.

" - Histórias são o que há de mais selvagem - disse o monstro com um estrondo. - Histórias perseguem, mordem e caçam."




Oi madies, tudo bem? A ressenha de hoje é de um livro que mexeu muito comigo, e espero que consiga passar tudo que senti ao lê-lo para vocês.

Conor O'Malley é um menino de 13 anos que está passando por vários momentos difíceis na sua vida. Para deixar as coisas ainda piores, ele tem tido um pesadelo recorrente, sempre acordando depois do pesadelo, às 00h07. Quando um monstro aparece no jardim da sua casa, ele espera que seja O monstro, mas o que encontra é bem diferente do que esperava. O início desse encontro vai mudar a vida de Conor, mas nem sempre nossas histórias tem um final feliz.

"Conor se levantou, foi até a janela e olhou para fora.
O monstro estava no seu jardim, encarando-o." (pág. 30)

Tenho um amigo que ama esse autor, então quando vi o lançamento, fiquei curiosa para ler. Mas sinceramente, não sabia o que esperar - até porque evitei ao máximo ler a sinopse e resenhas sobre o livro. Tudo o que sabia é que tinha um monstro, e que o personagem principal era um garoto. Eu não estava preparada pro que viria a seguir, não mesmo.

Quando você começa o livro, pensa que é uma história simples, sem muito para oferecer. Quando o monstro aparece, você fica chocado tanto quanto Conor, porque não é assim que você imagina que um monstro seja. Mas enquanto a história vai se desenrolando, você vai percebendo coisas, e vai se afeiçoando, ao garoto e suas lutas e ao monstro, tentando entender o seu propósito.

Não quero falar muito da história, porque ela é curta e creio que cada uma deve desvendá-la ao seu modo. Gostei muito de não saber muito com antecedência, sinto que absorvi e me emocionei de maneira "correta".

Reino da Loucura

Conor é uma criança formidável, e os erros que ele comete são normais, principalmente pela sua idade. Eu não consigo imaginar carregando nas costas o peso que ele carrega com tão pouca idade. Você acaba sentindo sensibilidade pelo menino, querendo estar ao seu lado e cuidar para que nada de ruim lhe aconteça. O monstro também me encantou, e principalmente, o papel que desempenhou. Ele não é um monstro comum, e o que ele veio buscar é algo difícil para nós, quem dirá a uma criança.

Esse livro mexeu comigo de diversas formas, me fazendo perceber as falhas que nós humanos temos e o quanto uma história pode ter várias vertentes. É um livro sobre histórias de vida, coragem, amor, sinceridade e a força para seguir em frente, mesmo quando não queremos. É um livro que você vai querer cuidar e absorver todas as suas lições. A única coisa que me incomodou um pouco foi o final, que não respondeu uma pergunta que eu queria saber, mas não é algo que influência na história.

"Sua mente vai acreditar em mentiras agradáveis e ao mesmo tempo vai reconhecer as verdades dolorosas que tornam essas mentiras necessárias. E sua mente vai puni-lo pro acreditar nas duas coisas." (pág. 149)

Eu recomendo muito a história, principalmente para os jovens e adolescentes. A questão principal dele é muito importante (não quero contar, apesar de não ser bem um spoiler), mas ele também trata sobre o bullying, e livros que abordam esse tema nunca são demais. Patrick Ness teve uma sensibilidade incrível ao nos mostrar temas tão sérios, mas de uma forma real, crua, sem ser fria demais. Me apaixonei pela escrita do autor, e com certeza quero ler mais coisas dele. 

Assisti o filme pouco tempo depois de ter lido o livro e confesso que consegui me apaixonar novamente pela história. Não gosto de fazer comparações de livro com filme, porque são mídias diferentes e nem tudo dá para ser passado na telona, mas aqui a adaptação foi muito bem feita. A atuação do menino e do monstro são maravilhosas, vale muito a pena conferir. O filme já está na Netflix, então aproveitem!

Espero que leiam o livro, e que deem uma oportunidade ao filme também. É o tipo de história que merece ser lida. A ideia de Sete Minutos Depois da Meia-Noite veio da autora Siobhan Dowd. Nunca li nada dela, mas imagino que ela estaria satisfeita com o rumo que Patrick deu à sua ideia. E espero que vocês se sintam satisfeitos também.

"Histórias não terminam com os escritores, por mais que eles tenham dado início à corrida. Aqui está o que Siobhan e eu criamos. Então vamos lá. Sigamos em frente." - Patrick Ness

Livro recebido de cortesia pela editora para o blog Ler Para Divertir. Você encontra essa resenha por lá também, clique aqui.
Beijos e até a próxima

Me siga nas redes sociais
Facebook ∴ Instagram ∴ Twitter ∴ Skoob ∴ TV Time ∴ Filmow ∴ Spotify ∴ We Heart It ∴ Pinterest

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Espero que tenha curtido a postagem! Volte mais vezes :D