OPINIÃO || O DEMONOLOGISTA - ANDREW PYPER || @DarkSideBooks

16 de mar de 2017

O Demonologista - Andrew Pyper

Original: The Demonologist
Páginas: 328
Ano: 2015
Editora: DarkSide Books
Encontre Aqui: Skoob, Amazon, Saraiva, Submarino


“Uma acolhida. Uma heresia.”




Oi pessoal! Hoje, venho com minha primeira resenha no blog e confesso que estou um tanto nervosa com a ideia. Venho trazer a resenha de O Demonologista, do autor Andrew Pyper. Quando saiu um pequeno trailer na página do Facebook da Darkside, admito que me interessei no ato. O vídeo bem feito, juntamente com uma premissa de mistério/terror e o assunto “demônios” me deixaram ansiosa para comprá-lo. Infelizmente foi uma aquisição que demorou, mas em 2016 ela veio.

A história começa com o protagonista David Ullman, um professor do Departamento de Inglês de Columbia, sendo um especialista na obra Paraíso Perdido de John Milton. Ele está em sala de aula, falando alguns trechos da obra citada e explicando aos seus alunos ao mesmo tempo que pensa sobre sua vida, como na hipocrisia de ser um ateu estudando sobre a Bíblia ou no caso, sendo um especialista em demônios. O seu dia estava normal exceto pelo aparecimento de Will Junger (homem com que a esposa de Ullman, Diane, está o traindo) para confrontá-lo e de uma senhora lhe oferecer um cheque com uma quantia exorbitante e uma viagem até Veneza para o mesmo testemunhar um fenômeno.

Essa estranha mulher que lhe dá o termo “Demonologista”. Inicialmente, David se recusa, mas logo que vai ver Elaine O’Brien (sua amiga e chefe do departamento de Psicologia da mesma universidade), que lhe dá uma notícia ruim e com a sua esposa que finalmente saí de casa, ele decide ir para Veneza junto de sua filha, Tess. A viagem se inicia bem, mas depois que ele presencia algo pertubador, tem um acontecimento catastrófico e a partir daí, David se vê preso numa viagem para salvar sua filha.



“Claro que eu poderia usar algo falso – um pseudônimo –, mas mentiras de qualquer tipo me incomodam. Mesmo as inoculas mentiras da convivência social.” (p. 28)

A narrativa do livro é em primeira pessoa, ou seja, tudo tem seu ponto de vista. E isso fez a história ter uma emoção maior. Você tem os momentos de calmaria do início do livro, o confronto com Will Junger e o encontro com a senhora, o peso da notícia de O’Brien e a separação definitiva de Diane. A relação com Tess e a viagem com sua escapada das más notícias e quando tudo desanda, quase sendo com você. Eu ganhei um apreço muito grande pela Tess, que é descrita sendo a portadora da mesma personalidade distante do pai e por Elaine O’Brien, que mesmo quando David parece ter enlouquecido, ajuda seu amigo no momento em que sua própria vida não está muito boa.

“Encontre-me” (p. 89)

O começo vai te preparando para a porrada que vai ser a história. Ela tem momentos de ação, mas com aquele clima de suspense sempre no ar. A leitura fica muito rápida depois da parte introdutória, pois você fica querendo saber qual é o próximo passo de David e como ele vai se sair. Digo por experiência própria, pois não sou uma pessoa que lê rápido e quando passou umas 30 primeiras páginas, li a história toda quase toda no mesmo dia. Foram as 317 páginas que não vi passar, pois estava imersa na narrativa. E você se sentir dentro da história influência no final que é aberto. Eu tive uma experiência muito boa com o livro e espero que se forem ler depois dessa resenha, seja tão interessante e que gostem tanto quanto eu gostei.

Beijos e até a próxima!

22 comentários:

  1. Oi Milena, apesar desse não ser meu estilo de leitura eu gostei da resenha e de saber que o livro é envolvente e bem movimentado. É bom quando pegamos uma história e nos envolvemos tanto nela que não conseguimos largar e chegamos a pensar em como ela vai continuar quando não estamos lendo rsr. Pra aqueles que curtem esse tipo de história deve ser uma dica e tanto :)

    ResponderExcluir
  2. OI Mi.
    O livro não faz muito meu gênero não.
    Porém fiquei louca para conferir.
    Adoro esse clima de ansiedade e estou louca para saber o que acontece com a filha dele.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Olá, Milena! Tô com esse livro na minha wishlist faz ó... tempos. Adoro livros e filmes de terror e essa atmosfera sombria q permeia as histórias. Já li algumas resenhas bem desanimadoras sobre o livro, no entanto, ainda pretendo fazer a leitura. Que bom a narrativa flui e q sua experiência foi positiva. Tomara q funcione comigo tbm kk. E, claro, Darkside dando show nas edições, como sempre!

    ResponderExcluir
  4. Ainda não tive muita coragem e vontade pra ler esse livro. A história não me chamou muita atenção mesmo, não achei que seria o tipo de coisa que gostaria de ler.
    Mas parece que é fácil de ler heim? Também sou meio lenta pra leitura e quando encontro um livro que consigo ler rápido é porque ele é bom mesmo. Esse deve ter sido bem legal.
    Achei interessante ver que a história consegue prender tanto assim e logo no começo. Talvez valesse a pena arriscar a sair da minha zona de conforto com ele. Quem sabe?

    ResponderExcluir
  5. Oi, Milena!!
    Adorei conhecer um pouco mais sobre esse livro!! Já estava muito interessada nele agora estou muito mais!! Sou apaixonada pelas edições da Darkside e simplesmente fiquei maravilhada com esse livro!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  6. Oi, Milena!
    Como primeira resenha sua no blog, já começou muito bem, hein! ^_^ Ainda que, apesar de seus elogios, essa não seja uma leitura que me atraia de qualquer forma já que esses temas mais sobrenaturais não fazem bem o meu estilo principal de leitura; no máximo, leio fantasias, na maioria das vezes. Mas o enredo por si só é instigante demais mesmo. Posso não ter me interessado, mas parece ser uma boa indicação principalmente para quem curte temas como o retratado no livro, além de uma boa e intensa aventura por acompanhar junto com o personagem. E bom, ainda mais, que essa agilidade da história tenha influenciado na leitura mais rápida também, devorar 317 páginas assim não é brincadeira, haha, ponto para o livro mesmo.
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br ♥
    ♥ DandoUmadeEscritora.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
  7. Começou super bem, adorei sua resenha.
    Não curto muito o gênero literário, tenho um certo receio em ler e assistir coisas voltadas ao suspense, terror, drama, mistério... sabe!?
    Mas acredito que a obra seja uma boa pedida pra quem curte o estilo.
    Vejo que foi uma leitura vem bacana pra você :)
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  8. Oi, Milena!
    Não curto livros de terror que abordam o assunto “demônios”, prefiro livros de romances, por isso dificilmente eu leria O Demonologista, mas eu curti sua resenha, parabéns pela estréia, tenho certeza de que essa é uma ótima dica para quem gosta do gênero.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Milena!
    Sempre estive de olho nesse livro, porque o tema muito me agrada e o mais interessante é ver um protagonista ateu que estuda sobre os fenômenos demoníacos, o que a mim, passa a impressão de credulidade, porque se ele passa a viver os fenômenos e não acredita em Deus, eles passam a ser mais verdadeiros.
    Parabéns pela primeira resenha aqui, passou com louvor!
    “Não confunda jamais conhecimento com sabedoria. Um o ajuda a ganhar a vida; o outro a construir uma vida.” (Sandra Carey)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  10. Oi Milena!
    Faz tempo que estou com este livro anotado na listinha, mas ainda não tive oportunidade...O enredo pra mim é mto bom, sem contar q amo esse gênero...
    Parabéns pela resenha!
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Não curti este livro, não faz nada do estilo que eu gosto de ler. Não gosto de livros que falam de demônios.

    ResponderExcluir
  12. Quero ler esse livro, pois gosto de terror e adoro um mistério e esse pelo viste tem muitos, fiquei curiosa com o proposito dessa mulher que lhe oferece a viagem, bem em um momento que as coisas não vão nada bem para ele. A leitura parece ser viciante de deixar o leitor ansioso para desvendar os acontecimentos, só não gosto de finais em aberto rs.

    ResponderExcluir
  13. Eu não consegui ler esse livro!
    Eu tinha, mas vendi!
    Demônios não são minha praias!
    kkkkkk
    Tenho medo, então passei adiante!

    ResponderExcluir
  14. Olá, nunca tive vontade de ler esse livro, mas depois da resenha fiquei um pouco curioso pois adoro suspense e vejo que no livro isso não falta. Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Parabéns! Com sua primeira resenha já conseguiu contar o que era essencial pra me deixar curiosa. Sou uma pessoa naturalmente assustada, então este é um gênero que sempre que posso passo bem longe. Mas, como disse, vc conseguiu me deixar curiosa. Quero saber o que aconteceu em Veneza, quero saber mais desse relacionamento entre pai e filha que parece ser um dos panos de fundo... algo me diz que essa situação ruim pode unir os dois.

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Gostei muito da resenha, já tinha visto esse livro e imaginado uma historia totalmente diferente, mas lendo a resenha ela acabou me surpreendendo e me deixando curiosa para saber mais, gostei muito de saber que temos uma historia envolvente e fiquei interessada nesse livro !!

    ResponderExcluir
  17. Oi Milena!
    Eu já vi muito esse livro por aí, mas essa é a primeira resenha que leio de O Demonologista. E fiquei super instigada com a premissa, afinal, mistério e terror são alguns dos meus gêneros favoritos. Estou curiosa para saber o que aconteceu com a filha de David e se ele terá que enfrentar demônios ao longo da trama.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Milena sua primeira resenha no blog Reino da Loucura foi maravilhosa, continue assim! Amo livro com mistérios, quem não ama né? Pois são livros que prende a gente no inicio ao fim. Adorei a historia, David deve ter ficado surpreso quando deve que lidar com salvação de sua filha. Não é nada fácil passa por isso. Achei interessante o toque terror que ele trás, isso pra minha foi ponto extra que livro contem

    ResponderExcluir
  19. Oi Milena, tudo bem?
    Pelo que andei vendo na blogosfera, esse livro agradou muitas pessoas né. Eu não vou lê-lo porque não gosto do tema que ela aborda e não sou chegada nesse tipo de história. Que bom que a leitura foi boa para você.
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  20. Nossa mana, pelo visto você gostou mesmo do livro e que bom que a leitora foi bem proveitosa. Mas eu tenho que admitir mana que eu não vou ler esse porque na verdade esse tipo de livro ele não faz o meu tipo. Não fique nervosa mana e espero ver muitas resenhas nesse blog a partir de hoje.

    ResponderExcluir
  21. Oi Milena =D
    Parece ser uma leitura bem diferente, mas apesar desse mistério do fenômeno confesso que não me interessei pela leitura principalmente por não ser meu tipo de livro.

    Bjs

    ResponderExcluir
  22. Nossa, você leu muito rápido :O
    A edição está mesmo maravilhosa, mas como ainda não li o livro não posso opinar muito.
    Quanto à resenha, não precisa ficar nervosa! Você descreveu muito bem os pontos mais importantes e conseguiu passar a mensagem principal do livro. Gostei de saber que gostou tanto assim da obra, pois estava meio "preocupada" com várias críticas que li.

    Beijos

    ResponderExcluir

Espero que tenha curtido a postagem! Volte mais vezes :D