OPINIÃO || POSSIBILIDADES - THAISE JACOBS || @youngeditorial

27 de fev de 2017

Possibilidades - Thaise Jacobs

Páginas: 221
Ano: 2016
Editora: Young
Encontre Aqui: Skoob, Site Young.

"Larguei meus sentimentos a própria sorte, sentindo que só música queimava em minhas veias, queimando cada vez mais."





Olá pessoal, a resenha de hoje é de um livro nacional. Sou apaixonada pela nossa literatura. Possibilidades é um daqueles livros que nos cativa aos poucos e quando percebemos já estamos conquistados por eles.

Este livro traz a história de Catherine, uma menina que está acostumada à vida agitada que São Paulo oferece, gostava da escola em que estudava e tinha Claúdia, sua melhor amiga por perto. Sua vida começa a mudar quando seus pais compram uma chácara em Minas Gerais, é lá que ela conhece Willian.

"Willian e o mar são contrastes de uma mesma pintura: belos e selvagens."

Catherine é uma menina um tanto louca, faz tudo o que sente vontade sem se importar com o que os outros vão pensar. É o tipo de garota que ama mais a liberdade que qualquer outra coisa. Algo em que eu me identifiquei com ela é que Catherine não deixa de realizar seus sonhos por outra pessoa, eu realmente acho que não vale a pena sacrificar um sonho por causa de alguém. Willian, por sua vez, é pé no chão, tem seus objetivos profissionais e não vai abrir mão de conquistá-los por ninguém.


"Como é possível entregar seu coração há uma pessoa da qual você tem certeza de quando dissipar as nuvens não hesitará em partir?"

Gostei muito do livro que, além de ser uma história gostosa, fala de um tema muito importante: violência contra a mulher. No livro, Claúdia passa por isso. A autora trabalha muito bem essa questão, a forma como ela descreve a situação é a realidade de muitas mulheres e pode servir de alerta para muita gente que esteja passando pela situação ou conhece alguém que esteja.

Sem falar que a capa do livro está um charme e a diagramação é perfeita. No geral eu gostei muito, a minha única ressalva é que achei que as coisas demoraram um pouco para acontecer, mas isso não atrapalha a leitura em nada. E é algo bem particular, já que conheço várias pessoas que preferem histórias em que as coisas acontecem mais devagar.

Por hoje é só. E aí, gostaram? Alguém já leu? Ficaram curiosos? Conte nos comentários. Até a próxima e beijos da Val.

26 comentários:

  1. Oi, Val!
    Fato é que, no fim das contas, a qualidade vai além da nacionalidade, mas também tenho um carinho mais do que especial por nacionais, motivo pelo qual também são os mais frequentes entre as minhas leituras, mensais e anuais. Não conhecia esse livro em específico, mas interessante a sinopse. A protagonista parece ser bem forte e determinada em seu senso de liberdade, e o que você citou sobre ela correr atrás de realizar seus sonhos antes de mais nada é realmente um ponto forte do enredo, precisamos de personagens mais ágeis e com atitude, mesmo. Legal, ainda, o gatilho da autora para falar sobre violência contra a mulher; li um livro cujo tema era esse ano passado, Amor Amargo, conhece? Muito bom também, e é realmente um tema que precisa ser constantemente discutido e exposto para que não venha mais a se repetir em nossa sociedade. Sobre o andamento vagaroso do enredo, é realmente algo pessoal, ainda que para mim seja algo relativo ao enredo; em momentos gosto que tenha um ritmo mais lento, e em outros mais rápido, varia muito, mas se esta é a única ressalva sua sobre Possibilidades, tá ótimo mesmo assim, fiquei curiosa para conferir e darei uma chance se surgir alguma oportunidade de leitura. Valeu a dica!
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
  2. Oi Valérie, ainda não tive a oportunidade de ter nenhum livro dessa editora mas ela vem se destacando com bons lançamentos e a capa desse livro tá realmente muito bonita. A história parece leve (apesar de trazer a discussão de um tema importante, violência contra a mulher, o foco do livro não parece ser esse), fofa e real. Gostei muito da resenha e espero ter a oportunidade de lê-lo em algum momento ;)

    ResponderExcluir
  3. Ainda não conheço Amor amargo, valeu pela dica.

    ResponderExcluir
  4. É nacional?Esse não conhecia.
    O tema de violência contra a mulher é importante,trazer o cenário de São Paulo e Minas também é interessante,faz tempo que não leio algo assim.

    ResponderExcluir
  5. Oi Valéria!
    Já vi esse livro por aí, mas não sabia que era nacional. Achei ótima a idéia de uma trama habitada em São Paulo e Minas Gerais, e a sinopse e a resenha me deixaram com muita vontade de ler o livro. Também é muito bom a autora abordar o tema violência contra a mulher, um assunto sempre válido de ser discutido.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Esse ano estou com um projeto de ler mais nacionais, essa será ótimo esta na listinha. Porque fiquei apaixonada por Catherine por ela amar a liberdade, e eu me identificar com ela bastante nisso. Ela vai conhecer uma pessoa com pensamento totalmente diferente, Willian, parece ser encantador. Mas ainda acho ele vaia acabando descobrir o mundo nos olhares de Catherine. Gostei, justamente por saber que leitura gostosinha de ler

    ResponderExcluir
  7. Valéria,ainda não tinha ouvido falar desse livro,mais parece ser mais uma das preciosidades no meio dos nossos nacionais! Esse último fator,de demorar para acontecer as coisas,que fez você não atribuir 5 estrelas,de forma bem geral é preferível para mim,pois deixa as coisas muito mais melhores quando realmente acontecem,acho que o clímax do livro fica melhor....mas tudo têm que ser bem trabalhado para não ficar "empachada" a trama né...

    No mais,nunca li nenhum livro em que fosse tratada a violência da mulher,em livro contemporâneo digo,fiquei bem curiosa sobre como será conduzida essa parte!

    Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Valéria!
    Não li ainda, mas achei a premissa muito interessante, principalmente porque fala de algo bem atual como violência contra a mulher e se foi bem abordado como falou, melhor para discussão.
    Bom carnaval e moderação, hein?
    “Não basta saber, é preferível saber aplicar. Não é o bastante querer, é preciso saber querer.” (Johann Goethe)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Uma dica de nacional bem interessante, ainda mais por falar da violência contra a mulher. Acho muito bom quando vejo histórias assim por acabarem sendo um alerta, um tipo de incentivo a falar sobre o assunto ou simplesmente uma história que faça com que possamos abrir os olhos para a situação. Não parece ser de leitura pesada, tem uma trama bem gostosa de ler pelo visto, então acho que iria gostar bastante.
    Uma dica muito boa. Gostei =)

    ResponderExcluir
  10. Oi.
    Eu gosto muito de ler livros com temas taboo não tão taboo, ja que é uma realidade vivida por muitas mulheres na atualidade, falar sobre relacionamentos abusivos é delicado, ja que para quem está de fora é fácil apontar o dedo e julgar mas para quem vive a realidade não é bem assim não. Gosto bastante de livros que me faz refletir sobre coisas que normalmente não passaria pela minha cabeça, fiquei bem curiosa, vou ler com certeza.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  11. Oi, Val!!
    Não conhecia esse livro mais gostei muito da premissa do livro!! Estou adorando conhecer novos autores nacionais e já até separei alguns para ler e outros para comprar!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  12. Também gosto de Nacionais e cada vez mais estou gostando. pois os autores nacionais cada vez mais estão ganhando espaço. A personagem que esta certa fazer o que quer sem se preocupar com a opinião alheia, ela me lembrou as palavras, livre, leve e solta rs. Esse tema da violência é sempre bom ser mencionado serve de alerta, pois cada vez esta acontecendo.

    ResponderExcluir
  13. Já li nacionais maravilhosos e esse me interessou.
    Gosto muito de personagens que valorizem a liberdade mas sem loucuras rsrs fiquei curiosa com a série

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    A capa desse livro logo me chamou atenção também, ainda não conhecia essa historia, mas gostei muito, principalmente por temos uma personagem decidida, achei interessante a autora tratar de temas tão importante como a violência contra mulher e fiquei curiosa para ver a forma que a autora explora isso, se tiver oportunidade quero muito ler !!

    ResponderExcluir
  15. eu não conhecia esse livro
    e tb adoro livros nacionais, infelizmente nem sempre eles são divulgados
    eu achei bastante interessante a ideia do livro e a coragem do autor em tratar de um tema como a violência contra a mulher
    espero ler em breve

    ResponderExcluir
  16. Oi Val...
    Ainda não conhecia o livro... Às vezes dá até uma vontade de ser um pouquinho Catherine... Fazer o que dá na cabeça sem nos importarmos com o que vão pensar de nós... Claro que tudo com responsabilidade... Apesar de parecer um livro fofo, traz um tema muito importante que é a violência contra a mulher que deveria ser tratado com mais seriedade e punição hoje em dia... Espero poder ler esse livro em breve...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  17. Não conhecia o livro. Muitas vezes da uma vontade de ser como a Catherine... Fazer o que dá na cabeça. O livro é fofo, mas trás um tema muito forte que é a violência contra a mulher que precisa ser melhor punido.

    ResponderExcluir
  18. Olá, apesar de ser uma trama simples vejo que os personagens são bem caracterizados o que torna a história mais profunda e interessante. Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Não conhecia o livro, mas achei bem interessante. Bem sentimental, gosto disso.
    Amei a resenha, e gostei do livro.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  20. Oi Valéria :D
    Não conhecia o livro e me parece ser uma ótima história. Eu sou de sp e sempre tive curiosidade com MG e por algum motivo desconhecido se um dia me mudasse daqui gostaria de ir pra lá.
    Essa capa é muito fofa! Adoro quando os livros se passam no brasil porque é mais fácil a identificação né?

    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Não conhecia ele!
    Gostei. Vou super ler!
    E é legal ele ser nacional! Temos que valorizar mais a literatura brasileira!
    Adorei a dica!

    ResponderExcluir
  22. Oi Val, eu particularmente não conhecia o livro e olha que sempre navego nas redes procurando me atualizar das novidades literárias tanto internacionais como nacionais. Esse me parece aquele livro que tem um enredo leve mas que com sutiliza traz questões importantes como foi citado por você o livro faz referencia a violência contra a mulher, um tema que particularmente é ainda muito presente em nossa realidade. Em relação a nossa protagonista gostei de sua personalidade mas acho que só terei uma visão melhor depois de ler o livro porque ele conquisto minha intenção. Obrigada por essa dica maravilhosa de nacional.

    ResponderExcluir
  23. Eu também sou apaixonada pela nossa literatura, mas não conhecia esse livro. Ele realmente parece ser muito bom, e trata um tema muito importante, e bem forte. Fiquei com muita vontade de conhecer mais a história, mas acho que isso das coisas demorarem pra acontecer vai me incomodar um pouco. Mas pretendo ler o livro mesmo assim :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  24. Curti o livro, acho que é um tipo de leitura que estou precisando ler no momento, preciso começar a pensar em mim e realizar os meus sonhos.

    ResponderExcluir
  25. Oi Valéria,
    Que alegria encontrar meu livro aqui ❤ Fico tão contente que tenha gostado e ler comentários positivos. Obrigada!

    ResponderExcluir

Espero que tenha curtido a postagem! Volte mais vezes :D