OPINIÃO || A GAROTA DO CALENDÁRIO: JANEIRO - AUDREY CARLAN || @Verus_Editora

2 de jan de 2017

A Garota do Calendário: Janeiro - Audrey Carlan

Original: Calendar Girl
Série: A Garota do Calendário #01
Páginas: 144
Ano: 2016
Editora: Verus
Encontre Aqui: Skoob, Amazon, Saraiva, Submarino

"Não estamos no filme Uma Linda Mulher; e eu não sou a Julia Roberts."





E ai pessoal, tudo bom com vocês?! Primeiramente, desejo à vocês um 2017 cheio de realizações e leituras fantásticas!! E como Ano novo é sinônimo de projetos novos, venho fazer o convite à vocês de estarmos durante esse ano acompanhando a vida de Mia Saunders, a nossa garota do calendário!


Essa leitura não é recomendada para menores de 18 anos.

Tudo começa com uma dívida de seu pai, mas não uma dívida qualquer. Envolve muito dinheiro. Milhões de dólares para ser mais exata e tudo o que Mia consegue é um ano para pagar. Ou é isso ou ele iria sofrer as consequências.


No desespero da situação e com seu pai na UTI, Mia resolve pedir ajuda a sua tia Millie, dona da Exquisite Acompanhantes de Luxo. Sabendo que a sobrinha tinha potencial e que era um meio de ganhar dinheiro fácil, Millie oferece o emprego. Seria um homem por mês, 24 dias acompanhando em eventos e suprindo as necessidades impostas no contrato. De início, Mia ficou com um pé atrás em aceitar a proposta, pois estava se sentindo como uma prostituta, mas sua tia  explicou que ela não era obrigada a fazer sexo com os clientes mas que caso acontecesse, ela receberia por fora. Não tendo outra alternativa, ela acabou aceitando a proposta e seu primeiro cliente era o jovem Weston Charles, um jovem surfista e roteirista de Malibu. 



"- Certo, sra. Milan - enfatizei seu nome falso para que ela compreendesse meu comprometimento. - Parece que eu sou a sua nova Garota do Calendário."  (p. 20)

Wes está produzindo o seu primeiro filme e geralmente em todos eventos que vai ele acaba sendo muito assediado por várias mulheres e com isso não consegue conversar com as pessoas importantes do seu núcleo social. Então tudo o que ele precisava era ter uma mulher ao seu lado, como se fosse sua namorada, para dispersar o interesse das outras socialites.


- Então você precisa de um escudo contra periguetes? (p. 31)



A princípio fiquei com receio de ler essa série pois sou muito apegada a casais e ter a ideia de que isso mudaria a cada mês não me animava muito. Mas felizmente a autora conseguiu prender a minha atenção e fez com que eu desejasse as próximas leituras para saber se os rapazes seriam tão bons quanto Wes , inferiores ou superiores. O personagem nos faz apaixonar pela leitura pois ele é um cara que não é um daqueles bad boy cretinos pelo contrário, ele é um rapaz muito amoroso, atencioso e sabe suprir as necessidades femininas.

A história se desenrola de maneira rápida e prática, afinal são poucos dias ao lado desse cara incrível. Eu não recomendo a leitura para quem não gosta de cenas de sexo descritas minuciosamente, pois a autora nos trás diversos detalhes que poderia deixar algumas pessoas constrangidas com a forma que foi exposto.

Como tudo acontece muito rápido a narrativa acaba sendo superficial. Não tem aquela troca de confidencias, aquela confiança, como estamos acostumados a ver entre outros casais. Todo o sentimento que surge entre eles nasce da atração física, da necessidade um do outro. E na minha opinião a autora explorou muito bem esse lado, pois para mim não fazia sentido ter toda aquela melosidade de um bom romance se no mês seguinte eles não estariam mais juntos.  

Recomendo a leitura para quem gosta de um bom e leve romance erótico, e para quem não se apega a casais.

"Se eu quisesse voltar para ele, precisaria estar pronta para lhe dar o meu coração, porque o dele já era meu." (p. 127)

Por hoje é só! Espero que tenham gostado! Até a próxima. Beijinhos. 






25 comentários:

  1. "A garota do calendário" não me parece um livro tão erótico, ele aparenta ser um erótico calmo, sem aqueles romances masoquistas. Romances eróticos não são minha praia, sou apenas uma maluca apaixonada por aqueles romances onde tem um felizes para sempre ou em que uma pessoa morre, romances clichês. Mas esse livro parece ser bem interessante, e como ele possui poucas páginas acredito eu que deve ser bem sucinto mas sem perder a essência da escrita.

    ResponderExcluir
  2. Depois de muito ouvir falar sobre esse livro, finalmente achei uma resenha sobre o primeiro. Esse livro virou uma "febre" tão rápido que só vejo resenhas sobre os próximos, mas nunca sobre o primeiro. Não sabia que se tratava de um livro erótico, então já vou tirar da minha listinha, já que isso não entra na minha zona de conforto. Mas acho que eu não teria problema no fato de "não se apegar ao casal", pois também não sou muito fã do romance hahah Beeijos

    ResponderExcluir
  3. Maryanny!
    Tenho lido muitas resenhas dessa série e mesmo gostando demais de romances hots, ando saturada de toda saga de Mia para conseguir resolver seus problemas financeiros.
    No momento não tenho interesse em ler, mas quem sabe mais para frente.
    “Ano Novo!
    Um novo ano começou, e assim, eles passarão: um a um… São mais 365 dias... Novas outras 365 oportunidades de fazer diferente! Fazer melhor, fazer mais, em alguns casos, fazer menos… Espero que ao final desse tempo, possamos contabilizar quantas estrelas fizemos brilhar…” (Desconhecido)
    FELIZ 2017!
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. Eu fiquei com vontade de ler por ver tanta gente falando. Acabei ganhando os dois primeiros, mas ainda estou tentando pegar coragem pra ler. Porque não curto mais livros com sexo e pouca história e esses são exatamente assim pelo que vejo. Talvez não, talvez ao ler ache graça, mas confesso que estou com medo viu....não sei o que esperar =/
    Talvez por ser uma situação tão rápida mesmo não faça muito sentido enrolar com histórias e sentimentos que não são pra existir. Mas vamos ver o que dá. Acho que fica melhor ler todos um depois do outro.

    ResponderExcluir
  5. Oi Maryanny, eu não comecei essa série ainda pois tenho o mesmo receio que você tinha, eu sou apegada ao casal e essa ideia de ter um par a cada livro não me atrai, contudo tenho acompanhado resenhas dos livros e sei que tem autos e baixos. O livro é curtinho e isso deve influenciar pra que a narrativa fique superficial como você citou. Apesar de ainda não ter me despertado interesse na série, acho as capas dela belíssimas e acompanho as resenhas pois eu posso mudar de ideia em algum momento e resolver ler ;)

    ResponderExcluir
  6. Oi, Maryanny!!
    Não li nenhum livro dessa série e também não sei se algum dia vou ter interesse em ler. Li muitas resenhas sobre essa série mais nenhuma consegui despertar minha curiosidade e fazer eu ler A garota do Calendário.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  7. Fiquei confusa quanto a sua nota e considerações, é como se uma não se encaixasse com a outra hahaha. O livro parece ser bom, mas essa coisa de superficialidade me incomoda um pouco, apesar de eu estar louca para ler essa série. Adorei saber um pouquinho da sua opinião, e apesar dos pontos negativos, manteve a minha curiosidade.

    Um abraço!
    Parágrafos & Travessões

    ResponderExcluir
  8. Acompanho mtas resenhas da série, confesso q algumas me deixaram em dúvidas, mas a maioria me convenceu á ler e conhecer mais essas aventuras de Mia!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Não gosto de romances eróticos, muito menos quando a história não se aprofunda, e não temos tempo de nos apegar ao casal, mas como mesma disse, isso tudo e proposital, até porque não faria sentido, mas pelo que me parece isso vai mudando no decorrer dos meses. Estou louca para ler essa serie.

    ResponderExcluir
  10. Inicialmente eu não tinha me interessado nessa série, mas tenho visto tantos blogs falarem positivo sobre os livros, que comecei a ficar curiosa em relação a história e talvez futuramente resolva ler a série, sua resenha só me deixou mais curiosa para conferir a história.

    ResponderExcluir
  11. Oi Maryanny...
    Um 2017 repleto de paz, alegrias, sucessos e realizações pra você também!!!
    Confesso que não curto romances eróticos e apesar da sua resenha ter ficado espetacular, essa não é uma série que pretendo ler tão já... Quem sabe mais pra frente eu dê uma chance a essa leitura...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  12. Ganhei esse livro em um sorteio mais ainda não li. Também sou daquelas que se apega a casais rs. Que dilema para a personagem ou trabalhar dessa forma para a tia ou ver o pai sofrer, o personagem parece ser um encanto, fico com receio de logo no primeiro livro torcer para ele, pois vai ter muitos outros e não sei se ela ficará com alguém no final, bom vOU deixar para sofrer quando chegar a hora KK.

    ResponderExcluir
  13. Olá, apesar de não gostar do gênero, esta série sempre chamou minha atencão, seja pela premissa inovadora ou pelo foco não ser somente em sexo (como a maioria dos livros eróticos). Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Oi Maryanny,
    Já li a série inteira e confesso que não gostei dela como um todo, mas valeu pela curiosidade. Acho que a recomendação é valida realmente para quem deseja uma leitura rápida e erótica.
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bom?
    Gostei da resenha, estou super curiosa para ler a série, por que, gente ela não pode se apaixonar, pois a cada mês um homem diferente ela tem que acompanhar, espero poder iniciar a leitura em breve.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  16. Oii Maryanny,muito boa sua resenha,me esclareceu alguns preceitos que estava dessa série...Tb a primeira vista já torcia o nariz pq não me agrada essa história de que a cada livro ela teria que ficar c/ um homem diferente,e bom,poucas coisas que fogem do tradicional me agradam,então fiquei c/ um pé atrás rs Mas pelo visto as coisas não são bem assim,ainda mais que a mocinha não é obrigada a ter relações sexuais com todos que ela deverá sair.

    As cenas de sexo mais detalhadas confesso que não me incomoda,tanto é que a minha autora nacional preferida é de livros eróticos,mas sou da lógica que tudo num livro deve ser dosado...Enfim,tb fiquei surpresa pela personalidade do mocinho que vc menciona,pois em livros assim já imaginava um mocinho pegador e não amoroso!

    De qualquer forma,eu só não leio a série pelo simples motivo: eu me apego a casais,tipo muitooo mesmo,e nossa,imagina ela não ficar c/ o qual eu estiver torcendo?! Ficarei muito decepcionada,realmente me apego demais :/
    Mas ótima resenha!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  17. É muito importante pra ler essa série a pessoa saber desapegar dos casais mesmo, rsrs.
    Eu amo a série e cada lançamento me deixa mais encantada com a história da Mia e todas as suas "aventuras". Audrey escreve como ninguém e está série com certeza vai continuar sendo um sucesso!

    ResponderExcluir
  18. Não sei pq, mas talvez por serem muitos livros e curtos, criei a ideia de que a série não era boa *vergonha* estou extremamente curiosa para ler e espero logo ter a chance. Gostei de saber que o Wes não é o tipico bad boy

    ResponderExcluir
  19. Primeira vez que fiquei sabendo desse livro eu já fiquei animada pra ler. Eu não tenho muito problema nas leitura de partes bem detalhadas das cenas de sexo. É uma pena o livro ter uma narrativa um pouco superficial, mas espero que não interfira muito pra mim.

    ResponderExcluir
  20. Oi!
    Ainda não li nenhum livro dessa serie, mas sempre vejo muitos comentários sobre ela, essa primeira historia parece ser legal, e o Wes e o tipo de personagem que logo de cara conquista a gente, poderíamos ver mais sobre esse casal, mas como é um livro bem curtinho parece que quase não iremos ver muito sobre esse casal !!

    ResponderExcluir
  21. Eu também tinha um pouco de receio de ler essa série, por me apegar bastante aos casais. Mas li esse primeiro livro e gostei da história e da escrita da autora. Mas meu problema é que eu gostei muito do Wes, e por isso nem estou querendo ler o próximo livro da série logo :P
    Eu ainda pretendo continuar essa série, só não sei quando...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Todo mundo fala desses livros, o preço é bem ok pra comprar, mas quando penso que são 12 livros..não sei se consigo encarar!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  23. Em minha opinião a garota calendário não pode ser considerado um romance erótico, além de as cenas serem pouco descritivas são bem rápidas. Eu tenho que dizer que desiste dessa série depois de ler o primeiro livro na porrada e no segundo não chegar nem na metade, a escritora tinha tudo pra deixar a estoria legal mas achei o enredo mal desenvolvido com personagens de personalidades bem pequenas. Mas aí, gosto varia de pessoa pra pessoa.

    ResponderExcluir
  24. tai um livro que eu não consigo gostar...
    por mais que seja um romance leve, eu não tenho problemas com o fato de ser um casal diferente a cada mês ou ser erótico. mas tem algo que não consegue me cativar... sem falar que eu acho que é livro demais para pouca história! e quando eu penso em dar uma chance eu lembro que são 12 livros e desistos
    então eu acabo deixando lado

    ResponderExcluir
  25. Hum,essa série,já vi algumas resenhas sobre ela,não sou apegada a casais,mas não coloco na minha lista porque alguns pontos não fazem muito meu estilo.

    ResponderExcluir

Espero que tenha curtido a postagem! Volte mais vezes :D