OPINIÃO || O PINTOR DE MEMÓRIAS - GWENDOLYN WOMACK || @editorarecord

3 de out de 2016

O Pintor de Memórias - Gwendolyn Womack

Original: The Memory Painter
Páginas: 378
Ano: 2016
Editora: Record
Encontre Aqui: Skoob, Amazon, Saraiva, Submarino.

"Acabara descobrindo, da maneira mais difícil, que a única forma de conservar a sanidade era pintar e levar uma vida solitária."




Olá madies! A resenha de hoje é bem especial, porque fazia muuuuuuito tempo que eu não gostava tanto de um livro a ponto de favoritá-lo. Foram tantas emoções, que olha, já digo que vocês precisam ler. 

O Pintor de Memórias nos trás a história de dois personagens, Bryan e Linz. Bryan é um pintor renomado no mundo inteiro, com obras de tirar o fôlego de tão realistas, mas o que ninguém sabe é que essas pinturas são uma válvula de escape para os sonhos que o atormentam a anos. Ao longo do tempo esses sonhos têm ficados mais frequentes e ele começa a perceber que eles não são apenas sonhos, e que sim podem ser lembranças de vidas que ele não se lembra. Linz é um cientista que, quando criança, teve um sonho recorrente que a deixou espantada. Ao longo dos anos o sonho ficou mais espaçado até que parou de acontecer, mas um dia, quando foi visitar uma exposição na galeria de arte de seus amigos, fica perplexa ao encontrar uma pintura com a descrição perfeita daquele sonho que a atormentara. Ela, então, entra em contato com o autor, para desvendar o porque deles terem tido o mesmo sonho, e porque eles parecem ser tão real. Com isso, eles vão se aproximando e percebendo que talvez, essa atração e afinidade que sentem um pelo outro já acontece a vários séculos.

"Cada imagem capturava um momento diferente da história, um lugar diferente do mundo. As pinturas tinham algo em comum, no entanto: todas retratavam os momentos mais íntimos da vida ou da morte de uma pessoa." (p. 09)

Eu tenho sentimentos fortes por esse livro, porque ele foi além do que eu esperava. Apesar da sinopse simples que eu fiz, a história vai muito além de duas pessoas que tiveram o mesmo sonho e que se sentem íntimos um do outro mesmo tendo se conhecido a pouquíssimo tempo. 

O livro fala sobre história, perdas, reencarnação, amor e ódio que transcendem vidas e qual a importância e o propósito de cada um no mundo. Gwendolyn conseguiu criar uma obra fabulosa, transitando por todos esses assuntos com maestria, nos deixando fascinado por cada vida sentida por Bryan e pelo mistério que isso está envolvido. 

Bryan é um personagem que eu amei logo de cara. Ele passou a vida pintando esses sonhos que lhe assaltam, com o intuito de não perder a sanidade. A partir desses sonhos ele vai adquirindo conhecimento em línguas estrangeiras e outros fatos da vida. Ele vive recluso, pois tem medo que essas memórias lhe assaltem na frente de outras pessoas. Me senti muito triste pela vida fechada que ele levava, porque quando ele tentava socializar, alguma memória o tomava e ele tinha que fugir, antes de perder os sentidos. A forma como ele vai adquirindo informações e desvendando o mistério por trás daquilo que o assombra é muito legal, ao mesmo tempo em que seus sentimentos por Linz aumentam. 

Linz é outra personagem incrível! Cientista, criada apenas pelo pai, desde cedo se apaixonou por esse ramo. Ama quebra-cabeças e desde criança sempre foi a mais cult da sala. Na faculdade aprendeu a aceitar o seu jeito, e tem vivido uma vida mais solitária desde então, até conhecer Bryan. Ela não entende do porque estar com ele é tão intenso, mas sabe que é importante que estejam juntos. Ao contrário dele, ela só tem a memória de um sonho, e se sente retraída quando vai descobrindo mais sobre esse mistério. Ela é sincera, amorosa e determinada, impossível não gostar dela.

"Ao encontrá-la naquele momento, soube, sem sombra de dúvida, que as visões que o assaltavam desde a infância eram, na verdade, memórias. Era algo que vinha tentando se convencer havia muito tempo: que, de alguma forma, seus sonhos eram peças de um passado que pertencia à sua alma." (p. 23)

Outros personagens também são bem importantes para o enredo, como o pai de Linz, Conrad e seus antigos colegas de projeto, Michael, Diana e Finn. Esse foi um dos pontos mais bacanas do livro, e a autora conseguiu me enganar direitinho sobre a índole de alguns deles. Todos são cientistas e um experimento que realizaram tem total importância ao mistério apresentado.

Mais um ponto positivo são as memórias que Bryan tem durante a história. Elas acontecem de repente e trazem cenários do mundo inteiro, de tempos diferentes. Conhecemos o Egito, Japão, Rússia, entre outros locais, sua cultura e visão da humanidade e dá para fazer um comparativo bem legal. Eu que sempre gostei de história, me apaixonei por essas descrições.

O livro é narrado entre os dois personagens, Bryan e Linz, o que dá um panorama geral de tudo que está acontecendo. Por um lado, Bryan é o pintor que acredita que essas memórias são suas vidas passadas e que existe um motivo para ele estar se lembrando de tudo, por outro, temos uma Linz que é cientista e cética a esse tipo de conclusão, mas que não deixa de sentir que realmente tem algo de importante nessa memória. Esse contraste trás algumas discussões bem legais entre os dois, e nos faz entender um pouco mais até onde esse ceticismo pode chegar.


Eu nem sei mais o que dizer desse livro, apenas que vocês DEVEM lê-lo. Tenho certeza de que vai agradar pessoas variadas. O Pintor de Memórias é um livro muito bem escrito, com uma premissa intrigante e que cumpre tudo aquilo que promete. Por mais que você vai criando suas teorias do porque dessas memórias e sobre quem é o "vilão" da história, quando tudo se revolve você fica de boa aberta, porque não é nada do que imaginou. Gwendolyn me cativou de tal forma, que eu não vejo a hora de ler outras obras suas. O livro teve um desfecho bem bacana, mas deixou um gancho para uma continuação. Pela primeira vez, eu me senti completa com o final em aberto. Sinto que a autora cumpriu o seu propósito e que não precisa dar continuidade à história, mas é claro que se ela escrever uma, vou estar aqui para ler.

Se vocês já leram esse livro, me conte aí nos comentários. É muito triste essa vida de leitor onde não podemos conversar abertamente sobre um livro favorito, porque ninguém próximo ainda leu, rs. E caso não tenha lido, me conte se essa premissa te cativou e se tem vontade de dar uma chance. Garanto que não vai se arrepender!


Livro recebido de cortesia em parceria com a editora. 



Beijos e até a próxima

Me siga nas redes sociais
Facebook  Instagram  Twitter  Skoob  TVShow Time  Filmow  Deezer

21 comentários:

  1. Esse livro realmente dev entrar pra lista de "Must", porque que história incrível! Eu inicialmente não daria nada por ele, mas ele tem um enredo tão impressionante, diferente e instigante, por meio de tantos personagens que... Meu deus. Quero muito conhece.r Obrigada por mostrar a sua opinião.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. que sinopse fantástica . nunca li nenhum livro sobre reencarnação , e o mistério dessas memórias que cativa o leitor .o interessante é que a historia se passa em vários cenários do mundo ,me parece ser um ótimo livro e essa capa é incrível

    ResponderExcluir
  3. Oii! Eu li esses dias uma resenha desse livro, parece mto bacana, pelo q li aki tbm, é msm bom o enredo, qro com toda ctz ler!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Essa historia parece ser incrível e bem misteriosa me deixou curiosa, achei bem diferente. Esses sonhos que ele tem é bem intrigante e mais ainda quando a personagem tem o mesmo sonho que ele teve, fiquei me perguntando se já se conheceram em outra vida. Quero muito ler.

    ResponderExcluir
  5. Nossa, que interessante! Já tirei mil conclusões quando li que os colegas de trabalho do pai cientista da Linz não são bem o que parecem e têm um papel importante nesse mistério... Imaginei umas coisas mas ainda tô bem curiosa, já adicionei na minha listinha no skoob!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Gabriela! !
    Que resenha maravilhosa! ! Fiquei fascinada pela essa história que parece ser muito interessante. Com certeza é uma ótima indicação.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Nossa, adorro esses livros "intrigantes" e com essas reviravoltas, (fora que vc tipo FAVORITOU haha), e esse livro me lembrou a menina submersa que por acaso eu amo haha, estou com uma vontade louca de ler ele agora, amei a resenha e espero comprar logo esse livrro!
    Bjokas

    ResponderExcluir
  8. Não tinha dado muita atenção para ele quando vi. E até que está parecendo um livro muito bom mesmo. Adoro quando um livro passa alguma coisa de história, que o personagem narre um outro tempo ou coisa assim. Essa parte das lembranças me chamou atenção e já deu vontade de ler só por isso xD
    Parece legal e se animou tanto assim pra falar bem desse jeito alguma coisa de muito bom ele deve ter. Interessei.

    ResponderExcluir
  9. Oie! Sou nova aqui, mas como adoro ler espero que seu blog me sugira ótimos livros ;)

    ResponderExcluir
  10. Gabriela!
    Não li esse livro ainda, mas confesso que fiquei bem interessada, primeiro por falar de pinturas e depois porque gosto do tema de vidas passadas.
    E ter uma cientista cética que rebate esse assunto, deve tornar o livro ainda mais interessante por mostrar os dois lados da moeda.
    “A sabedoria consiste em ordenar bem a nossa própria alma”. (Platão)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de OUTUBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  11. Estou com muita vontade de ler esse livro agora. Nunca tinha ouvido falar dele ou da autora, mas sua resenha me deixou super curiosa. Os assuntos abordados são interessantíssimos, e tenho certeza que eu amaria a leitura. Vou colocar na lista de desejados.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  12. Sei muito bem como você se sente Gabriela, ler um livro tão bom e não ter ninguém para conversar kkkk Mas fiquei tão surpresa com a sua resenha, pois confesso que não imaginei que esse livro seria tudo isso, que feliz engano o meu. Adorei a premissa desse livro! Os protagonistas pelo jeito são tão cativantes e incríveis, só a espera para serem lidos. Amo história, então vou adorar essas descrições dos cenários que o Bryan tem através de suas memórias. Com certeza dica de livro anotada, quero muito ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Não conhecia o livro, mas achei a premissa bem interessante, gosto de histórias que falam sobre ciência e a crença em algo, especificamente na reencarnação, que é o assunto tratado neste. Gostei também da autora conseguir enganar o leitor, não deixando nada óbvio. Com certeza uma ótima dica, já fiquei torcendo pelo romance entre o casal principal...rs...
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  14. Realmente é o tipo de livro que não olharia, mas lendo a resenha, percebi o ótimo livro que é. Não deveriamos olhar somente pela capa, é o que eu de vez em quando faço. Gostei muito da história desse livro.

    ResponderExcluir
  15. Oi.
    Adorei a Premissa do livro, fiquei bem curiosa para conferir quero muito desvendar os mistérios por trás dos sonhos de ambos os personagens e o por que, enfim amei.
    Capa maravilhosa.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  16. Fiquei bem interessada por ele.
    A capa é linda e a história parece ser bem emocionante.
    Quero ler muito agora.
    Você fez uma bela resenha que me deixou com muita vontade de comprar el agora mesmo.
    Bjãoooooooooooooo.

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    Adorei a resenha, ainda não conhecia esse livro mas tem algo nele que logo me chamou atenção, gostei muito de termos um pintor como protagonista ainda mais a forma que as imagens vem para ele, estou bem curiosa para saber mais sobre esses sonhos e principalmente sua ligação com a Linz, esse livro já está na minha lista de leitura !!

    ResponderExcluir
  18. UaL! Sem folego com essa resenha e com a história do livro. Amar uma vida já pode ser intenso, imagine viver um amor que perdura. Acabo de coloca-lo na lista de desejados no skoob. E se eu não gostar.. vai ser bacana ter alguém pra conversar sobre ele. Bjs

    ResponderExcluir
  19. Adorei a premissa do livro! Anotado para conferir!! Espero gostar

    ResponderExcluir
  20. Ainda não tinha escutado falar desse livro e achei a história bem interessante. Fiquei curiosa para ler como a escritora fez a passagem de uma vida para a outra. Mas não faz muito meu estilo de leitura.

    Bj
    http://www.meupassatempoblablabla.com/

    ResponderExcluir
  21. Vamos começar dizendo que eu amo o nome Gwendolyn e só isso já bastava pra me chamar atenção pro livro haahah Mas a sua não é a primeira resenha que eu leio e que fala maravilhas sobre a história. Juntando essas duas coisas mais o fato de que eu acho que o enredo pode ser genial - a ideia pelo menos o é-, eu digo que eu realmente pretendo ler esse livro assim que for possivel.

    ResponderExcluir

Espero que tenha curtido a postagem! Volte mais vezes :D