OPINIÃO || O ANO EM QUE DISSE SIM - SHONDA RHIMES || @editorarecord

13 de out de 2016

O Ano Em Que Disse Sim: Como Dançar, Ficar ao Sol e Ser a Sua Própria Pessoa - Shonda Rhimes

Original: Year of Yes: How to Dance It Out, Stand in the Sun and Be Your Own Person
Páginas: 256
Ano: 2016
Editora: Best Seller
Encontre Aqui: Skoob, Amazon, Saraiva, Submarino.

"É apenas algo que esquecemos. Todos precisamos de um pouco mais de amor. Muito mais amor."


Olá madies! Hoje a resenha é de um livro que me inspirou a melhorar em muita coisa (apesar de não ter colocado nada em prática ainda), além de me ter feito conhecer uma pessoa incrível.

Shonda Rhimes é um escritora de TV muito famosa e suas séries são conhecidas no mundo todo. Quem aí nunca ouviu falar de Grey's Anatomy, Scandal ou How to Get Away With Murder, não é mesmo? Mas o que as pessoas não sabem é que por trás de uma pessoa famosa, influente e muito querida, se encontra uma pessoa retraída, tímida e que acaba se descobrindo infeliz. O Ano Em Que Disse Sim é um relato do ano em que Shonda decide mudar, a partir de uma pequena frase dita por sua irmã (você nunca diz "sim" para nada). Deixar o medo para trás e dizer sim a tudo que não fazia antes. Esse é o ano de mudanças, e o que aconteceu no final, a surpreendeu por completo.

"Eu não conseguia explicar minha infelicidade. Pela primeira vez, a contadora de histórias não tinha o que contar. Eu não fazia ideia de porque estava infeliz, nenhum momento ou motivo específicos para os quais apontar. Apenas sabia que era verdade." (p. 40)

A primeira coisa que tenho a dizer é que não sabia quem era Shonda Rhimes. Nunca assisti seus seriados (apesar de ouvir falar muito bem deles) e nunca li nada a seu respeito. Quando esse livro apareceu nas news, eu simplesmente sabia que tinha que pedi-lo. O porque? Não sei. Mas confesso que foi a melhor coisa que me aconteceu.

Sabe quando você lê um livro no momento certo da sua vida? Quando você acaba a leitura e se dá conta de que aquilo foi escrito para você? Foi assim que me senti com O Ano Em Que Disse Sim. Eu estava precisando de uns tapas na cara e foi o que recebi. Junto com uma dose de ânimo e determinação.

Shonda tem uma família incrível e ela os ama incondicionalmente. Tem um trabalho que dá inveja em muitas pessoas. Amigos que estão sempre por perto. Mas depois de uma conversa no dia de Ação de Graças com sua irmã, onde ela fala aquelas seis palavrinhas (você nunca diz "sim" para nada), ela percebe que as coisas não estão tão perfeitas assim e que está na hora de mudar.

Ela decide dizer sim a tudo que lhe apavora, a tudo que é contra ao seu conforto e assim encontrar a tal felicidade. No início, sua mudança é social: começa a aceitar todos os convites que recebe desde a decisão do ano do sim. Seja para ir em programas ao vivo, fazer discursos em faculdades, conhecer o Presidente e a Primeira Dama, entre vários outros. Depois ela vai percebendo que, aceitando esses convites, ela vai ficando cada vez menos tempo em casa, e consequentemente, com suas filhas. Então começa outra mudança: a ter passar mais tempo com suas três meninas, não importa o quão ocupada esteja. Com o tempo, vai descobrindo que outros "sins" deverão ser ditos, até encontrar um equilíbrio entre sua vida pessoal, profissional, social e encontrar principalmente a si mesma.


Shonda vai muito além de apenas dizer sim as coisas. Ela nos mostra a importância de ser mãe, de ser uma boa chefe, de aceitar desafios, encarar os problemas e resolvê-los, aceitar a si mesma e se amar. Ela fala muito sobre o amor e o como não se aceitar atrapalha todo o processo. Foi muito bom conhecer intimamente uma mulher que é referência na televisão, e que no fim, se mostra gente como a gente.

E isso foi o que mais mexeu comigo. Não sou aquela pessoa com uma boa autoestima, e isso sempre me incomodou. Ultimamente não tenho sentido ânimo em muitas coisas, nem naquelas que costumavam me deixar feliz. Tenho me afastado de algumas pessoas e alguns programas sem saber o motivo, e esse livro me ensinou muito do porque disso e do porque preciso mudar.

"Esse 'sim' diz respeito a se permitir mudar o foco do que é uma prioridade, de algo que é bom para você, o que faz você se sentir bem." (p. 113)

Tenho certeza de que muitas pessoas, principalmente mulheres, vão se identificar com algumas histórias. Vão querer fazer parte do ano do sim e ser uma pessoa mais realizada e feliz. Mudar não é fácil, mas ficar na zona de conforto (fazendo treinamento para ser vitela) não vai fazer as coisas melhorarem. Na verdade, tudo vira uma bola de neve infeliz, e ninguém quer ser envolto numa bola de neve infeliz, não é mesmo?!

Eu recomendo esse livro de olhos fechados. Ela não é perfeito, e nem foi feito para ser. Ele é sobre um mulher negra, que a maior parte da vida foi gorda, mãe solteira e retraída que decidiu mudar e dar uma chance a si mesma. É sobre se encontrar, ser feliz e alcançar o sol. Dizer sim a tudo que lhe dá medo e encontrar a liberdade no final do trilho. Todo mundo consegue chegar a sua felicidade, basta parar de apenas sonhar e fazer acontecer.

"Estou totalmente sincronizada com o Horário da Duroneza.
Dizer sim... dizer sim é coragem.
Dizer sim é o sol.
Dizer sim é vida." (p. 176)

Essa "resenha" foi mais pessoal e não consegui evitar. A história de Shonda mexe com você e te faz rever muitos conceitos sobre a vida. Espero que deem uma oportunidade a esse livro e que encontrem o sim de vocês. Caso já tenham lido, não esqueçam de comentar como foi a experiência :D (PS: Agora quero assistir tudo que essa mulher já produziu, comolidar? haha)


Livro recebido de cortesia em parceria com a editora. 

 

Beijos e até a próxima

Me siga nas redes sociais
Facebook  Instagram  Twitter  Skoob  TVShow Time  Filmow  Deezer

20 comentários:

  1. Oi Gabi! Adorei esse livro, nunca tinha lido nenhuma resenha dle, concordo qdo disse q bastante gte ia se identificar, com toda ctz fui uma dlas...
    Qro mto conhecer mais de perto...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Já era apaixonada por esse livro e fico feliz que ele tenha te tocado assim. Ganhei o livro mas ainda não pude ler (que ironia), mas quero desfrutar desse livro ao máximo pra que ele me toque desse jeito também. Nunca assisti nenhuma série produzida por ela, mas agora sabendo por alto os percalços pelos quais ela passou, admiro o quão bem-sucedida ela se tornou.

    ResponderExcluir
  3. Oi!!
    Ainda não conhecia esse livro mais ele sem dúvida é bem diferente de tudo que já li... achei sua resenha muito legal e fiquei muito feliz que você indicou esse livro.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  4. Gabi!
    Já conhecia os trabalhos das séries da Shonda que sempre acompanho e fiquei bem feliz em saber que ela escreveu um livro um tanto biográfico, falando dela mesma e das mudanças que operou em sua vida através da nova perspectiva de enfrentar seus medos e a encará-los de frente, a tornando uma pessoa mais feliz!
    Bom quando um livro cai como uma luva para nós e no momento certo. Desejo que consiga implementar suas mudanças.
    “Prefiro os erros do entusiasmo à indiferença da sabedoria.” (Anatole France)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de OUTUBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  5. Adoro quando leio um livro que sinto que foi escrito pra mim. Quando estou no mesmo clima da história ou coisa do tipo. É bom né? Nunca vi essas séries e nem sabia dela também. E o livro não me chamou muita atenção quando vi, mas acho que seria interessante de ler afinal de contas. Tem muita coisa pra se identificar ali e pelo jeito é uma leitura que faz você querer dar chances para novas coisas, mudar, procurar ser mais feliz com o que vier pela frente. Achei isso legal nele.

    ResponderExcluir
  6. Assisti alguns episódios das séries dela e realmente são ótimas, não tem como não gostar, principalmente de Grey's Anatomy. Não sabia nada sobre sua história, apenas sabia que ela era bem conhecida por seu trabalho. Gostei deste livro, gosto de livro motivacionais com histórias reais. Amei sua resenha e a indicação. E assista a tudo que ela faz sim, são ótimas produções...rs....
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  7. esse livro ja estava na minha lista . eu não sabia que Shonda era escritora de tv , que ainda escreveu grey´s Anatomy . gostei bastante da resenha , o livro me parace ser ótimo e essa experiência de dizer sim deve ter sido incrível

    ResponderExcluir
  8. Oi.
    Também já sentir como se o livro tivesse sido escrito para mim, é tão bom quando cai assim como uma luva.
    O livro tão um contexto que me conquistou muito, principalmente pela personalidade ser fora do padrão que encontramos em muitos livros por aí, enfim adorei.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  9. Ainda não li, mas sei que a história é boa e não tinha como ser ao contrário.
    Amei a capa e já estou convencendo a minha mãe a comprar.
    Ouvi falar tão bem dele e a capa é tão fofa que dá vontade de ficar uma hora vendo só a capa.
    Bjãooooooooo.
    Ameiii a resenha.
    !!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  10. Eu já conhecia algumas das séries que você citou, mas não fazia ideia de quem estava por trás dela. Adorei saber um pouco mais sobre Shonda e das lições que ela passa em meio ao livro. Espero poder ler o livro muito em breve.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Gabriela,
    Uau! Que livro é esse gente? Não conhecia esse livro mais claro que vou ter que dar uma oportunidade a ele. Também não vi nenhum seriado, mas estou pensando em começar a assistir Grey's Anatomy, já vi alguns episódios aleatórios e gostei muito.
    Quanto ao livro, essa resenha veio em boa hora, pois também estou precisando de uma boa dose de ânimo e determinação, minha autoestima nunca foi boa, mas ultimamente está abaixo do padrão, então estou precisando de uns bons tapas na cara e inspiração.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Conheço as séries, mas nunca tinha ouvido falar da autora. Gostei muito da història, e gostaria de ler, pois tenho certeza que não me arrependeria, ja que as séries de TV são perfeitas.

    ResponderExcluir
  13. Gostei muito da resenha, adoro séries, mas nunca ouvi falar dessa mulher, acho que vou ler e depois pesquisar sobre ela, sua resenha me incentivou muito, parabens, adoro esses livros que discutem essas coisas comuns da vida e tal.

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Já assistir a duas series da Shonda Rhimes, mas ainda não conhecia ela e lendo a resenha desse livro gostei muito, realmente ao longo da resenha a gente acaba pensado em quantas vezes tivemos medo de enfrentar ao novo, por isso essa parece uma leitura bem inspiradora e principalmente reflexiva, se tiver oportunidade quero muito ler esse livro !!

    ResponderExcluir
  15. Deve ser um livro muito inspirador, para que saímos da nossa vidinha e encaramos nossos medos e receios. Realmente é um tapa na cara de algumas pessoas esse livro. Ainda não assisti nenhuma dessas séries, mas são bem elogiadas.

    ResponderExcluir
  16. Achei interessante saber o outro lado de alguém de quem eu conheço a obra (como assim nunca viu nada de Grey's Anatomy??) e como ela lidou com a saída do autor importante de seu seriado. A resposta que ela me deu me fez ver alguém extremamente corajosa e fiquei surpreendida pela resenha. Talvez eu como sempre fazemos vemos apenas a superfície do lago e só quando nos permitimos mexer na água venhamos a descobrir o que está mais abaixo da parte rasa.

    ResponderExcluir
  17. Acho incrível livros com essa temática, irei conferir com certeza!! Parabéns pela resenha

    ResponderExcluir
  18. Eu estou curiosa com este livro desde que conversamos sobre ele. Amo Greys Anatomy,e realmente não acredito que você não tenha visto. Saber que a personagem que mais gosto é uma grande inspiração pra ela me deixa encantada.
    Quero ler esse.

    Bj
    http://www.meupassatempoblablabla.com

    ResponderExcluir
  19. Já quero esse livro só pelo fato de ter sido escrito pela Shonda, amooooo Grey's e esse livro deve ser superbacana!!

    ResponderExcluir
  20. Oi! Quando eu soube que a Shonda tinha escrito esse livro eu imediamente o desejei. Não só por ser a Shonda, mas mais pela história e por eu saber que eu vou me identificar, sabe? Infelizmente eu ainda não tive a oportunidade de adquiri-lo, mas ele com certeza está na lista

    ResponderExcluir

Espero que tenha curtido a postagem! Volte mais vezes :D