OPINIÃO || CONTOS NOVOS DE MÁRIO DE ANDRADE

21 de jun de 2016



Contos Novos - Mário de Andrade

Páginas: 192
Ano: 2011
Editora: Nova Fronteira
Encontre aqui: Skoob || Buscapé









Olá, pessoas. Nosso papo de hoje vai ser sobre um livro que tem um lugar reservadinho no coração. Eu tenho uma relação de amor e ódio com Mário de Andrade desde quando posso me lembrar. Tudo que leio dele ou amo de paixão ou odeio muito. Não que eu seja profunda conhecedora de sua obra nem nada, mas para mim nosso querido autor provoca reações muito extremas.  Li essa obra por causa de um processo seletivo que passei ano passado e finalmente consegui fazer as pazes com ele.

"Foi esse o primeiro dos quatro amores eternos que fazem de minha vida uma grave condensação interior. Sou falsamente um solitário. Quatro amores me acompanham, cuidam de mim, vêm conversar comigo." (p. 23).

Esse é um livro de contos, como fica bem evidente no título da obra. Quatro, dos nove contos presentes no livro são em primeira pessoa, e presume-se que são todos do mesmo personagem: Juca (presume-se porque o último conto não nomeia o narrador, mas ele meio que completa os outros três). Essas histórias em primeira pessoa são as minhas favoritas, e dentre elas Frederico Paciência roubou meu coração. Fora que há umas especulações de que são levemente autobiográficas.




Os outros cinco contos são em terceira pessoa e tem um tom muito político. São muito boas, e se você sabe um pouco da bagunça da ditadura getulista aqui no Brasil, vai identificar várias críticas do autor. Nessa minha edição vem um artigo da Ivone Daré Rabello e uma pequena análise da Aline Nogueira Marques que ajudam muito na interpretação de alguns contos, principalmente nesses mais políticos. Essa divisão não acontece no livro, as histórias são distribuídas sem nenhuma ordem aparente.

"E enfim eu me pergunto ainda até que ponto, não só para o meu ideal de mim, mas para ele mesmo, eu pretendera modificar, "corrigir" Frederico Paciência no sentido desse outro indivíduo ideal que eu desejara ser, de que ele fora o ponto-de-partida?" (p. 112).

Mário de Andrade, um dos pioneiros do nosso Modernismo, é um autor que tem uma técnica de escrita invejável, tudo parece estar sempre no lugar certo quando você o está lendo. Mas mesmo assim não acho que seja uma leitura particularmente difícil. A leitura é gostosa e suas histórias são, no mínimo, curiosas. Isso, claro, nas suas obras em prosa. Vale bastante a pena dar uma chance ao Mário para uma leitura fora das salas de aula. Espero que gostem.


Abraços e até a próxima.

21 comentários:

  1. Sempre tive uma implicância/trauma desses autores mais antigos de nossa historia.
    Quando eu precisava ler suas obras era uma época em que não gostava de ler e era obrigado devido ao vestibular, algum dia volto a dar uma chance para eles.

    ResponderExcluir
  2. nunca li nada do autor, porem ouço muitos elogios ,e não sabia bem por qual livro do autor devo começar . gostei bastante dessa postagens e acho que vou começar com esse livro apesar de não gostar de contos ,mas vc disse que a escrita boa então vou começar com esse livro . obrigado por me apresentar esse livro eu não conhecia

    ResponderExcluir
  3. Eu só li Mário de Andrade quando estava na escola e ,pra ser sincera , nunca fui muito fã do estilo de escrita do autor... Entretanto,a resenha está bem escrita e instigante e ,se não fosse de contos ( prefiro as narrativas) ,até me sentiria tentada a ler algo do autor novamente.

    www.emcadapágina.com

    ResponderExcluir
  4. Gosto desses autores, que podem ser comparados com John Green ''ame ou odeie'' e isso provoca muita polemica entre leitores, li uma obra do autor e amei, me deixou emocionada e fiquei refletindo sobre os acontecimentos por um longo tempo, gosto de contos, acho que nos da a oportunidade de conhecer, mesmo que brevemente, vários personagens e histórias variadas, lerei essa obra do autor, espero amar

    ResponderExcluir
  5. Eu não sou lá muito de ler contos, pois me apego muito aos personagens, no entanto em horas que queremos algo mais leve e rápido, então quem sabe uma hora dessas eu opte por esses contos ;D

    Xoxo
    www.amigadaleitora.com

    ResponderExcluir
  6. Lembro-me de ter lido somente uma das obras de Mário de Andrade e na época a leitura foi bem difícil para mim. Porém, fiquei bastante curiosa sobre este livro, além de possuir diversos contos, eu gostaria de dar uma nova chance ao autor, principalmente por você ter gostado tanto da leitura.
    Adorei a resenha.
    Bjs, Andrea!

    ResponderExcluir
  7. Esses contos devem ser muito especiais. Li muito pouco de Mário de Andrade,e gostei.
    Sinceramente não sabia sobre esses contos e fiquei interessada em conhecer cada um deles.

    ResponderExcluir
  8. Oi Andrea!
    Não tenho o costume de ler contos nem autobiografias, assim como também nunca li nada do autor. Sou leitora há pouco tempo, então tenho lido mais lançamentos. De qualquer forma, gostei de saber que a leitura é gostosa e nos mantém curiosos. E que a escrita do autor é invejável. Acho uma das partes mais importantes numa leitura.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Oi Andrea.
    Eu só li Mario de Andrade nas leituras obrigatórias da escola ou para o vestibular, mas confesso que não gostei muito da narrativa do autor.
    Talvez eu deva dar uma outra chance e tentar ler outra coisa do autor. Vou procurar esse livro de Contos Novos.

    ResponderExcluir
  10. Adoro livros de contos. Parece uma pequena história com algo grande por trás. Nunca li muitos clássicos, e isso é vergonhoso, mas não me sentia instigada a ler pq a pressão de ler na escola deixava tudo chato. Mas aí eu li alguns sem compromisso e amei! Não lembro se já li algum livro do Mário de Andrade, mas assim que eu tiver a oportunidade eu lerei

    ResponderExcluir
  11. Oi tudo bem..
    Nunca li nada do Mario,nem na escola.rs ,e acho que vou continuar assim principalmente por não gostar de contos ,mas quem um outro me atraia..
    um abraço e muito sucesso :)

    ResponderExcluir
  12. Ei Andrea!

    Confesso que não sou fã de contos. Lembro que já li Mario de Andrade por conta de escola/faculdade, mas nunca nada me marcou do autor. Mas sempre torço para encontrar algo nacional clássico bom, afinal existem aos montes.

    Beijo
    Aline
    Memórias Literárias

    ResponderExcluir
  13. faz tempo q eu não leio nada do mário de andrade, a última vez q eu li foi por causa da escola e não tem nada mais fácil para estragar um livro que ser para nota.
    mas, mesmo assim eu gostei muito da escrita do autor. e amo contos, vou procurar esse livro para ler
    obrigada pela dica

    ResponderExcluir
  14. Eu adoro livros de contos, mas infelizmente não leio tanto quanto gosto :/ E do Mário de Andrade, acho que só li um ou dois textos..mas agora que você recomendou esse livro, acho que vou dar uma chance melhor a ele. E eu adoro esses autores que levam nossos sentimentos ao extremo... espero gostar. Beijo!

    ResponderExcluir
  15. Não sou muito de ler livros de contos. Os poucos que já li não me fizeram gostar muito desse tipo de livro, acho que é por que são historias rápidas e pequenas, eu acabo não me conectando aos personagens e quando me conecto fico querendo mais e rapidamente o conto acaba :(
    Esse estilo definitivamente não combina comigo!
    E outra que não sinto curiosidade em ler algo deste autor, sou mais de ler romances, distopias ou fantasias.
    Vou deixar essa leitura passar.

    ResponderExcluir
  16. Conheci a escrita do Mario quando tive que fazer um projeto no ensino médio. Lembro de ter gostado bastante da escrita do autor.
    Mas não sei por que, não li mais nada do autor.. Gostei deste livro, gosto bastante de contos, então vai entrar pra minha lista!

    ResponderExcluir
  17. Mario de Andrade é o queridinho de alguns amigos meus, mas eu ainda não peguei uma obra dele pra ler, acho que só coisinhas menores e não me prendeu muito. Quanto a livros de conto, eu nunca leio de uma vez, sempre que tô entediada pego e leio um conto, tanto é que tenho uns aqui em casa parcialmente lidos, separados por gênero pra sempre que eu quiser ler uma coisinha rápida pegar um deles Rs.

    ResponderExcluir
  18. Ola Andrea
    Não sou fã de contos, tem uns me que me causam até arrepios. Outros como os de Mario Andrade me lebrão os tempo de escola (epoca que detestava ler) Então apesar de curtinho esse eu passo.

    Bj
    http://www.meupassatempoblablabla.com

    ResponderExcluir
  19. Oi!
    Tive que ler alguns contos do Mário de Andrade na escola e gostei do autor, mas ainda não peguei nenhum livro dele para ler, nem os livros de conto, achei bem interessante esse livro principalmente pelas criticas que ele faz e quero ver se pego algo dele para ler !!

    ResponderExcluir
  20. Bom, como gosto muito de contos, depois que li sua resenha sobre este livro, fiquei bem curiosa e interessada, então, pretendo ler e conferir a história.

    ResponderExcluir
  21. ooi!
    só de um tempinho atrás que livros de contos começaram a me encantar, não costumava ler e agora sou apaixonada por eles. Não conhecia a obra mas como falou super bem de tal acho que devo dar uma chance também!
    bjs xxx
    lendocomela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Espero que tenha curtido a postagem! Volte mais vezes :D