OPINIÃO || A BATALHA DO APOCALIPSE DE EDUARDO SPOHR

7 de jun de 2016




A Batalha do Apocalipse - Eduardo Spohr

Páginas: 588
Ano: 2010
Editora: Verus
Encontre aqui: Skoob || Buscapé






Olá, pessoas. O livro de hoje é de um escritor nacional contemporâneo que vocês, provavelmente, já conhecem (nem que seja de nome). Eu ganhei da Gabriela (obrigada, sua linda ) porque o autor iria vir para uma tarde de autógrafos aqui em Vitorinha e eu queria muito ir, claro. Infelizmente deu muito errado e eu não pude comparecer, mas levaram meu livro e pegaram o autógrafo para mim (muito obrigada para essa pessoa abençoada também ) e no fim acabou tudo bem.


"E o gigante dos tempos entendeu por que estava triste. Por mais que um dia tivesse sido um anjo, ele agora era humano também." (p. 19).

Esse livro conta a história de Ablon, um anjo renegado que se esconde no Rio de Janeiro dos seres que querem matá-lo. Por se tratar da história de um anjo, esse livro passeia por vários eventos históricos da humanidade, já que Ablon está presente em vários deles. Mas o livro se divide em dois tempo, basicamente: passado, que é quando nosso líder dos renegados trama e põe em prática uma revolta contra os arcanjos e é expulso do céu; e o presente, que é quando os eventos do apocalipse começam a acontecer e Ablon se envolve nessa luta entre céu e inferno.




Eu gostei bastante da leitura. A história é muito interessante e bem construída, não ficam pedaços mal encaixados ou qualquer coisa do tipo. A escrita de Eduardo Spohr é muito interessante também, bem fluida, e com um estilo interessante. E me interessou bastante ver essa mitologia angelical aplicada na ficção. Como uma pessoa que frequentou a igreja católica quando criança, a imagem que tinha dos seres celestes ia por uma direção diferente da abordagem do livro, e eu gostei bastante de ver essa recriação. E para mim, que não estou muito acostumada a ler sobre mitologia celeste, achei que foi bem original.


"Ninguém pode culpar os outros por suas escolhas. Se ela fez o que fez, foi por opção própria." (p. 431).

A única coisa que não me agradou muito foi algumas escolhas de enredo do escritor. Achei que ele optou por algumas saídas fáceis, sendo que ele podia ter tomado um rumo mais ousado, talvez por ser seu primeiro livro. Mas isso é mais chatice de letrista mesmo, ninguém mais que eu conheço e leu a obra pareceu se incomodar com isso. Enfim, espero que vocês leiam, se tiverem a oportunidade, porque vale bastante a pena.




Abraços e até a próxima.

22 comentários:

  1. Oi, Andrea!
    Amei ler a sua resenha! O livro é muito conhecido por diversos leitores, porém não o li e confesso que não tenho interesse, pois histórias sobre a mitologia angelical não costumam me agradar. Fico feliz em saber que a leitura é fluida e que muito lhe agradou. O autor mostrar ter um grande talento para criar narrativas surpreendentes.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Já havia ouvido falar do livro, mas nem sabia que era nacional! que sorte você ter conseguido ele autografado, mesmo sendo algo previsível eu gostei do fato do livro se passar em RJ, amo histórias com anjos, principalmente essas que envolvem acontecimentos histórias importantes para que os personagens construam seu presente, pena que o autor não saiu da zona de conforto, amo quando eles arriscam, a história fica mais frenética, mesmo assim é um livro que pretendo ler

    ResponderExcluir
  3. Também recomendo A Batalha do Apocalipse. A mitologia criada pelo Eduardo é muito interessante e as partes que envolvem eventos históricos são fascinantes e tiveram muita pesquisa do autor.
    A história de publicação do livro também é muito interessante, segue o link do nerdcast onde toda a história é contada, ressalva pelos trechos do livro lidos pelo querido Guilherme Brigs.

    https://jovemnerd.com.br/nerdcast/nerdcast-80-a-batalha-do-apocalipse/

    ResponderExcluir
  4. essa resenha foi show , gostei muito da história é algo que sai dos clichês . o mais legal é que o autor é nacional já coloquei na minha lista .

    parabéns ótima resenha

    ResponderExcluir
  5. essa resenha foi show , gostei muito da história é algo que sai dos clichês . o mais legal é que o autor é nacional já coloquei na minha lista .

    parabéns ótima resenha

    ResponderExcluir
  6. Sempre leio elogios sobre o autor,mas infelizmente ainda não li nenhum de seus livros.
    Gosto do tema abordado no livro e acho que vou curtir bastante essa história.

    ResponderExcluir
  7. Sempre tive muita vontade de ler essa série (ainda mais sendo nacional *-*), justamente por ser de um gênero que eu gosto e todo mundo falar bem, mas infelizmente nunca tive oportunidade.
    Adorei saber que a história foi bem constrúida e que não deixa pontas soltas, e é uma pena que o autor não se arriscou muito, mas acho que é como você disse, já que esse é só o primeiro livro dele :)
    Beijo!

    ResponderExcluir
  8. Hey, tudo bom?
    Já ouvi vários comentários sobre esse livro, quero realmente lê-lo.
    A leitura de ''A Batalha do Apocalipse'' parece ser bem envolvente, gostei muito do fato de não ter pedaços mal encaixados/acabados. Mas, acredito que as '' saídas fáceis'' irão me incomodar também. Porém, fora isso, presumo que irei adorar a leitura.

    ResponderExcluir
  9. Oi Andrea!
    Tenho muita vontade em conhecer o trabalho desse autor. Esse é um livro que me chamou bastante atenção já que adoro ler sobre anjos e só vejo resenhas muito positivas, o que me deixou ainda mais animada! Adoro essa mudança de tempo entre passado e presente na estória e fico muito contente por ter uma trama bem construída e leitura fluída, principalmente por ser um livro com muitas páginas. Isso facilita e muito a vida de um leitor. Acho Spohr de certa forma inovou, já que poucos autores se arriscam por esse caminho de Deus e magia.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  10. Eu não fazia ideia que esse livro é nacional ; apesar de já ter ouvido muitos comentários positivos a respeito da obra esse fato deve ter me passado despercebido... amei a resenha e a dica de leitura.

    www.emcadapágina.com

    ResponderExcluir
  11. Andrea
    Gostei muito deste livro e não reparei nas saídas fáceis que mencionou. Estou com a trilogia nova dele para ler, mas ainda não tive tempo. Mas eu também recomendo.
    abraços
    Gisela
    http://www.lerparadivertir.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi tudo bem..
    Ainda não conhecia o autor ,nem o livro,mas parece ser bastante interessante ,uma boa pedida par mudar de gênero(que no meu caso quase sempre e romance.rs)
    um abraço e muito sucesso :)

    ResponderExcluir
  13. eu gostei do livro, para quem gosta de ação ele é ótimo!!
    é ele tem umas coisas meio saída fácil e nota de rodapé no meio do texto(entre outras coisas na escrita), mas como diz um amigo meu: "eu li para ver o Ablon metendo porrada!"
    sem falar nas cenas a lá CDZ

    ResponderExcluir
  14. Oi Andrea.
    Não li nada do autor, mas vi ótimas resenhas sobre os seus livros. Apesar de gostar de fantasia, não fiquei com vontade de ler A Batalha do Apocalipse, pois não curto muito a temática de apocalipse. Mas achei a capa linda rs

    ResponderExcluir
  15. Ei Andrea!

    Tenho o pé muito atrás para ler esse livro do Sporh. Fiquei animada quando ele veio aqui para lê-lo, mas muita gente me apontou alguns furos e como a narrativa dele não era tão boa assim. Fico na corda bamba e como tenho muitos livros para ler na frente, ele não vai ser uma leitura tão rápida para mim por agora.

    Beijo
    Aline
    Memórias Literárias

    ResponderExcluir
  16. Eu conhecia o livro, mas só pela capa. Eu gosto muito desse gênero mas nunca tinha tido interesse em saber mais sobre o enredo, nem sabia que era nacional, aliás. Vendo a resenha, bateu uma vontadezinha de conhecer, mas não o bastante pra ler o livro ainda. Quem sabe mais para a frente.

    ResponderExcluir
  17. Sou uma grande fã de autores nacionais e estou sempre lendo seus livros e divulgando suas obras.
    O Eduardo já virou referência e creio que todos já o conheçam por ai. Ainda não tive a oportunidade em conhecê-lo, nem de ler um de seus livros. Em especial esse que é o que mais me chama a atenção.
    Confesso que a minha primeira experiencia com livros de anjos foi péssima e até hoje não tentei ler nenhum outro, fiquei meio que com um bloqueio :/
    Mas espero que esse me faça mudar de opinião.
    Beijinhos, Bruna!

    ResponderExcluir
  18. Eu leio alguns livros que tem anjos, mas são mais voltados para um romance e tal... Esse parece ser bem diferente disso, achei bacana por mostrar diferentes tempos da história.

    ResponderExcluir
  19. Oi Andrea

    Eu tenho a maior curiosidade de ler um livro do Eduardo Spor. Já o conheci pessoalmente e ele é uma figura. So escuto elogios por sua escrita e suas historias. Já sabia da questão do romance mas acho que quando a historia é bem construida vale a pena.

    Bj.
    http://www.meupassatempoblablabla.com/

    ResponderExcluir
  20. Oi!
    Não sabia que esse livro era nacional, faz um tempo que estou de olho nele, achei a historia bem interessante e achei diferente o modo que o autor trabalha com o tema anjos, fiquei curiosa para saber o que ira acontecer e se tiver oportunidade quero muito ler essa historia !!

    ResponderExcluir
  21. Já li tanto comentários positivos, quando negativos referente a este livro, mas mesmo assim pretendo ler, a história é de um estilo que acredito que irei gostar de ler, pretendo ler em breve.

    ResponderExcluir
  22. ooi!
    Já li a batalha do apocalipse e foi uma das leituras mais gratificantes e CANSATIVAS que já tive! Quem conhece o Spohr sabe que sua escrita é alá R.R Martin: detalhada, cansativa porém excepcional! Demorei certo tempo pra concluir a obra mas me surpreendi com a veracidade da escrita e de como a história se desenvolvia de vários pontos e aspectos diferentes. Li também o primeiro livro da trilogia filhos do éden e digo; é tão bom quanto. Sem duvida alguma o Eduardo Spohr é um dos melhores escritores da atualidade.
    bjs xxx
    lendocomela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Espero que tenha curtido a postagem! Volte mais vezes :D