OPINIÃO || MANUAL DO AUTISMO - GUIA DOS PAIS PARA O TRATAMENTO COMPLETO DE DR. GUSTAVO TEIXEIRA

7 de mai de 2016


Manual do Autismo - Guia dos Pais Para o Tratamento Completo - Dr. Gustavo Teixeira

Páginas: 96
Ano: 2016
Editora: Best Seller
Encontre aqui: Skoob | Amazon | Saraiva

*Livro cedido em parceria com a editora





Olá, madies! Hoje eu trouxe uma resenha um tanto diferente, pois o livro citado fala diretamente com o meu trabalho. Então hoje será uma opinião mais pessoal e diferente das que faço normalmente. Espero que gostem.

Meu interesse com o assunto educação especial começou bem cedo, pois tenho uma prima com Síndrome de Down. Depois que iniciei na faculdade de Pedagogia, senti o interesse de me aprofundar mais no tema e assim ajudar no desenvolvimento dela. Por acaso, no meu primeiro estágio remunerado em uma escola regular, me deparei com um aluno com Síndrome de Hunter e a partir dele pude aprender ainda mais sobre a educação especial e a deficiência intelectual (que é o tema que pretendo me aprofundar profisionalmente).

Quando vi que a editora estava lançando o Manual do Autismo, eu pedi na hora, porque atualmente eu trabalho com um Aspenger, que é classificado como uma das variações do autismo.

O livro é bem curtinho e como o título diz, é um manual que nos ajuda a tirar as dúvidas mais frequentes, algumas informações básicas e a importância do diagnóstico logo cedo. 

Nas minhas experiências profissionais eu lidei com crianças de 3, 4 e 9 anos portadoras de alguma deficiência ou síndrome. Minha maior dificuldade foi a falta de informação por parte da família e a falta de apoio, e posso dizer que isso atrapalha em 90% o trabalho com as crianças. 

Dr. Gustavo nos mostra nesse livro a concepção de autismo, como esse termo originou e a mudança para o termo agora utilizado: Transtorno do Espectro Autista.


"O transtorno do espectro autista pode ser definido como um conjunto de condições comportamentais caracterizadas por prejuízos no desenvolvimento de habilidades sociais, da comunicação e da cognição da criança. O aparecimento dos sintomas se dá nos primeiros anos de vida". (p. 24)

Crianças autistas tem alguns sintomas em comum, mas é errôneo achar que todas elas são iguais. Cada caso é um caso e devemos priorizar seu ambiente familiar e social, para assim montarmos um tratamento adequado.

O autor faz uma crítica muito grande a falta de conhecimento dos profissionais que lidam com essas crianças e na demora do diagnóstico. O certo é que esse diagnóstico aconteça até os 2 anos de idade (como acontece lá fora), pois assim pode começar um tratamento específico para a criança, ajudando-a a se desenvolver logo cedo e assim ter a oportunidade de um futuro melhor. Mas infelizmente aqui no Brasil as crianças tem esse diagnóstico por volta dos 8 anos de idade, o que atrapalha e muito o tratamento. 

O livro é divido em vários capítulos curtos sobre temas-chaves, o que ajuda na melhor absorção do conteúdo. Vou listar aqui os que achei mais interessantes.
  • Cap. 01 - Quem são as crianças de Leo Kanner?
  • Cap. 04 - Sinais de Alerta! Quais são as características inciais do autismo?
  • Cap. 05 - Como se faz a avaliação e o diagnóstico do autismo?
  • Cap. 06 - Como é o tratamento do autismo?
Como eu disse, o autor dá um panorama geral sobre o tema, onde quem nunca teve contato com nenhum material sobre o assunto e pessoas que já o estudam (como é o meu caso), entenderão facilmente as informações e terão conteúdos legais para serem discutidos. 


Eu recomendo muito esse livro, pessoalmente, ele me ajudou bastante para minha futura monografia da pós e tenho certeza que vai auxiliar muitas outras pessoas quem lidam com alguma criança com o transtorno do espectro autista ou simplesmente aquelas que possuem interesse no assunto. 


Espero que vocês tenham gostado e que a minha opinião tenha sido útil. Se você lida ou não com crianças autistas, dê uma chance a esse livro, tenho certeza de que será enriquecedor para você. 

Beijos e até a próxima

Me siga nas redes sociais

15 comentários:

  1. Parabéns, são poucas as pessoas que decidem lidar com alguém com deficiências, eu preciso muito deste livro, não sei muito sobre o autismo e acho que é um assunto que todos deveriam saber 'de A a Z'', um livro muito importante, espero que desenvolva muito bem essa profissão

    ResponderExcluir
  2. Gabriela, adorei como você tomou a iniciativa de nos trazer um tema tão pouco abordado na blosfera, e fico realmente muito feliz por seu trabalho ser de ajudar essas crianças com deficiências.
    Sobre o livro, achei muito interessante. Para quem tem curiosidade, gosto e/ou trabalha com o assunto, sei que ele irá ajudar a compreender muitos pontos sobre o tema. Livros assim deveriam ser mais publicados aqui no Brasil, não é mesmo?
    Adorei a resenha.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha, confesso que esse é um assunto que eu nunca me aprofundei muito. O livro parece ser, realmente, bem interessante e recomendável para quem trabalha com essa temática.

    ResponderExcluir
  4. Nossa, que bacana o seu post! Não conhecia o livro, mas foi ótimo ler a sua postagem e conhecer o livro, pois uma amiga estava procurando algo parecido e vou mandar o link daqui pra ela, adorei mesmo e parabéns pela iniciativa.

    ResponderExcluir
  5. Oi, flor.
    Parabéns pelo seu interese no tema. Eu sou psicóloga e compreendo quão negativa, infelizmente, é a falta de informação para que o diagnóstico seja possível. A falta de compreensão da sociedade e da família também é algo que influencia o processo de estimulação necessário para que essas crianças desenvolvam o máximo de suas habilidades. Se pretende estudar o tema, sugiro que leia sobre o método ABA, que é a análise do comportamento aplicada no tratamento do autismo.

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Primeiro: Seu blog é lindo!
    Segundo: Parabéns por escolher um livro como esse para resenhar por aqui.

    Gostei muito da forma que falou.. Parabéns!
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi!!
    As crianças autistas chamam a minha atenção, embora não seja da área da educação eu gosto de ler, ver documentários e assistir filmes sobre esse assunto.
    Minha melhor amiga fazia Educação Especial na UFSM e eu sempre que tinha um tempo ia participar de umas atividades e me fascinava ver os alunos com Síndrome de Down e autistas vencendo barreiras.
    Vou indicar esse livro pro meu marido, ele é professor de Educação Física e tem um aluno autista.
    Lendo a tua resenha eu lembrei de um livro que conta uma história linda que é Passarinha da editora Valentina, se você ainda não leu eu recomendo, você vai amar.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  8. Oiee Gabriela!
    Eu não convivo com nenhuma criança com autismo, mas acho que esse manual é super válido pra todo mundo, porque a gente nunca sabe quando pode lidar com uma, principalmente pelo diagnóstico tardio, todos deveriam ficar atentos aos sinais. Se eu tivesse oportunidade, leria sim!
    Beijos

    LuMartinho

    ResponderExcluir
  9. Oie
    uau que interessante, eu faço psicologia então adoro esses temas e está ai um livo bom para ter na estante, vou pesquisar mais e com certeza adquirir, bela resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Em primeiro lugar eu quero te parabenizar por seu trabalho, que por muitas vezes é um tanto difícil e incompreendido pelos familiares, mas, acima de tudo é muito honroso, digno de aplausos e um abraço solidário.
    Agora vamos falar do livro, não conheço ninguém com as síndromes mencionadas, mas é sempre bom estarmos preparados para lidar com a doença, não somos os donos do amanhã... A doença que assola a minha família é o mal de Alzheimer e acredito que todas essas doenças devem ser tratadas e levadas a sério a ponto de tentarmos entender e ajudar o nosso próximo.
    Toda forma de ajuda é bem vinda.
    Parabéns pela resenha e mais uma vez parabéns por sua dedicação e perseverança.
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  11. Olá, já tinha ouvido falar dessa obra e achei bem interessante. Minha irmã mais nova é autista, foi diagnosticada aos 5 anos com um nível baixo, ela não tem problemas de socialização, mas o trastorno prejudica seu aprendizado, pois ela não consegue reter algumas informações básicas de alfabetização.
    Achei bem legal o livro abordar diferentes assuntos dessa temática. Estou doida para ler.

    Abraços

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Não conhecia esse livro, mas me interessei muito, parece ser incrível e deve ensinar muito. Gosto de livros que trabalham com esses assuntos, de certa maneira acaba sempre quebrando muitos conceitos errados que as pessoas tem em suas mentes.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Maneiríssimo! Vai para a minha lista. Acho bacana abordar um tema importante como esse de maneira tão leve e natural. Gostei mesmo. Beijos!

    Carolina Gama

    ResponderExcluir
  14. Gabi
    Achei bastante bacana o tema do livro. É o tipo de postagem que agrega pois muitas pessoas precisam deste apoio e conhecimento que o livro contém.
    Abraços,
    Gisela
    Ler para Divertir
    Participe do Sorteio dos 3 livros da Trilogia FUNÇÃO CEO de Tatiana Amaral

    ResponderExcluir
  15. Eu gostei muito da sua resenha!
    Não tenho contato com nenhuma criança autista, mas creio que esse livro deva ser lido por todos, pois em algum momento encontraremos, nem que seja andando na rua, alguém nessa condição.
    Vai entrar pra minha lista de leituras.

    ResponderExcluir

Espero que tenha curtido a postagem! Volte mais vezes :D