OPINIÃO || Holy Cow: Uma Fábula Animal de David Duchovny

1 de mar de 2016





Holy Cow: Uma Fábula Animal - David Duchovny

Original: Holy Cow
Páginas: 208
Ano: 2015
Editora: Record
Encontre aqui: Skoob | Buscapé

*Livro cedido em parceria com a editora





Olá pessoinhas, tudo bem?
A resenha de hoje é de um livro que eu não esperava nada dele, mas que no final, foi até interessante. Vamos lá!

Você já leu algum livro narrado por um animal? Eu não. E realmente não esperava que uma vaca contando uma história seria tão interessante e engraçada. Porque vacas tem muito senso de humor. 

Aqui conhecemos a Elsie, uma vaca que tem uma vida mega tranquila na fazenda onde seus ancestrais sempre moraram. A vida no pasto não tem muitas novidades, apenas conversas com BFF Melory, comida e sono, nada de mais mesmo. Até o Evento, como ela denominou o acontecimento que mudou a vida dela. Então ela nos mostra como era antes e principalmente, o que aconteceu depois desse Evento e o quanto isso modificou um pacata vida.


"E ainda que a verdade tenha doído, abriu caminho para o perdão e para a compreensão, e eu não trocaria isso por nada nesse mundo. A ignorância é uma benção, mas o mundo tem mais a oferecer que isso, e é errado não aproveitar o que ele oferece". (p. 16)

Elsie tem uma forma bem descontraída de narrar os acontecimentos, e não deixa nada de fora (nada do que lembra, até porque ela não tem memória de elefante né), e usa palavras que acha necessário, o que nem sempre está de acordo com a sua editora.

Ao longo do livro, ela conversa com o leitor sobre as coisas que viveu e aprendeu, tendo alguns momentos de discussão com sua editora sobre o que pode ou não colocar num livro para fazer sucesso. Isso deixa a leitura mais descontraída, e um pouco mais "real".



O que eu mais curti no livro foi os temas que Elsie aborda, como julgamentos, perdas, sentimentos, como o ser humano vive em função das tecnologias, religião e muito mais. Ela não aprofunda em nenhum dos temas, mas é legal o modo como dá sua opinião e o quanto isso reflete na nossa vida. 

O Evento, é bem chocante para Elsie, a levando depois para uma jornada inesquecível com dois companheiros: um porco chamado Shalon e um peru chamado Tom. Os três são tão diferentes, mas juntos formam um trio incrível.

É uma leitura rápida e bem despretensiosa de se fazer. Apesar das várias críticas sobre a sociedade e como vivemos, ela não aprofunda demais nesses temas. Então se você quer algo mais sério, não recomendo começar por esse livro. 



No geral eu curti bastante. Não sou fã de histórias de animais e tento sempre passar longe desses tipos de livro, mas Elsie tem um jeito tão fluído de contar sua história que é impossível não querer ler. 

A edição também ajuda bastante, com ilustrações, e diálogos em forma de roteiro (mais fácil para quando o livro for para Hollyhood), deixando a leitura mais fácil.

Recomendo o livro principalmente para quem gosta de livros de animais e quer passar uma tarde tranquila. Ele não vai te fazer virar vegetariano (como vi algumas pessoas questionando), mas vai te fazer refletir sobre algumas coisas bacanas. O ideal é ir sem expectativas e se deixar levar pela história (que é bem surreal). 


É isso, espero que tenham gostado. Vocês gostam desse estilo de livro? Como disse não sou muito fã, mas até que achei divertido. Ele traz muitas referências musicais de de cultura nerd, o que me deixou bem animada. Se você já leu ou pretende ler esse livro, não deixe de dar a sua opinião.


Beijos e até a próxima

Me siga nas redes sociais


7 comentários:

  1. Eu tenho um coisa com livro onde animais tem muito destaque. E quando é o próprio animal que conta a história então...
    Mesmo assim, fiquei curiosa. Nem imaginava que o livro fosse aborda vários temas e pelo que deu de perceber em sua resenha, deixa um mensagem boa.
    Beijos,
    http://recolhendopalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Essa será a minha próxima leitura e mesmo sem qualquer expectativa de uma grande obra, tenho certeza desde o início que vai ser divertido e isso se confirmou com sua resenha. O simples fato de explorar tantos temas, mesmo que sem se aprofundar, me parece muito legal. Espero que isso se confirme.

    Beijos,
    Ricardo - www.overshockblog.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá Gabriela. Elsie é uma graça e é impossível não se envolver com suas loucuras. E eu adorei poder ler esse livro tão irreverente e inovador. Li esse livro muito rápido, mas é claro que também me diverti bastante. Estou indicando esse título para várias pessoas que conheço. Suas fotos ficaram ótimas assim como a própria resenha. Beijos, Fê

    ResponderExcluir
  4. Amei a arte desse livro, só que eu não sei, não li nenhum livro de animal.
    Acho que sou meia careta para isso.

    Amei a forma da resenha. <3

    www.modaeeu.com.br

    ResponderExcluir
  5. Já li um livro narrado por um lobo e uma coruja, então não me importo com este tipo de trama, mas acho que mesmo assim essa obra, narrada por uma vaca, tem um intuito um pouco mais reflexivo, né? Gostei de saber dos temas tratados e que mesmo assim é uma leitura divertida.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Gabriela!
    Interessante a temática do livro, realmente não é muito costumeiro encontrar animais como narradores, e bom saber que, mesmo assim, é uma leitura leve e divertida, mas não sei se o leria agora. Talvez, quem sabe, em um dia que quisesse algo descontraído e diferente mesmo para ler, não sei... Mas, de qualquer forma, parabéns pela resenha!
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional ♥

    ResponderExcluir
  7. Oie, Gabi! Eu já li um conto narrado por uma cachorrinha chamada Kitty Maria, foi uma coisinha bem doce. Agora esse livro de hoje, tem uma pegada mais cômica e reflexiva... Nunca imaginaria isso pela capa... kkk Bom, talvez só a parte do cômica.
    Gostei mesmo premissa.
    Anna - Letras & Versos

    ResponderExcluir

Espero que tenha curtido a postagem! Volte mais vezes :D