OPINIÃO || Guerra Civil de Mark Millar

26 de jan de 2016







Guerra Civil - Mark Millar
Original: Civil War
Páginas: 212
Ano: 2010
Editora: Panini
Encontre aqui: Skoob | Buscapé 






Mais uma semana e mais uma resenha de HQ de primeira qualidade (da próxima eu tento ser mais modesto, prometo). E desta vez vamos conversar sobre a história que inspira o próximo filme do Capitão América e que foi um grande sucesso editorial da Marvel: Guerra Civil.

Depois de um evento irresponsável, o governo e povo americano decide que os os Super-Heróis são muito poderosos para continuar atuando sem algum tipo de registro e treinamento. Alguns heróis concordam, outros não e assim começa um dos maiores embates do universo Marvel.

A primeira coisa que devo elogiar nessa história é a arte. É o que sempre encontramos de cara em uma HQ, antes mesmo de ler qualquer texto, e a primeira impressão é ótima. A arte do Steve McNiven é cheia de detalhes e segue um estilo mais realista, moderno e menos "caricato". Além da colorização incrível do Morroy Hollowell.



O roteiro do Mark Millar é realmente interessante. Tudo começa com algo aparentemente pequeno e que a cada página vai se intensificando e intricando. Ver a luta entre os heróis não é algo novo nos quadrinhos, porém ver famílias , amizades e equipes fragmentadas causa uma estranheza, até mesmo um pesar. Principalmente pelo embate centralizado em Capitão América, Homem de Ferro e Homem-Aranha, heróis queridos por grande parte dos leitores.

Essa divisão trouxe uma certa politicagem para história, recorrer a velhas amizades, favores e até ameaça para garantir que as pessoas certas estivessem do lado certo.

Ainda é preciso salientar os grandes momentos que Mark Millar proporciona, com grandes (realmente grandes) revelações e perdas pesadas. A guerra vai criando marcas nos heróis, dúvida crescente.

Não posso dizer que tudo foi perfeito. Com o tempo, dá para perceber que apenas um lado tinha a oportunidade de defesa. Essa redução de diálogo dá aquele gostinho de falta conversa, mas sobra porrada. Apesar de todas as discussões durante a narrativa ainda dá para sentir uma falta disso.

O que mais me afetou foi o final. Quadrinhos geralmente tem um final menos fechadinho por causa da grande cronologia que as histórias possuem, ou seja, as coisas se perpetuam durante um tempo então dificilmente vamos encontrar aquele final de livro (muito menos aquele final de novela). O que me incomodou foi a velocidade com a qual o conflito teve fim. Em um virar de páginas tudo tinha acabado e pouco foi explicado do que vinha em seguida. Não que acaba subitamente, mas teve aquele efeito Fast Forward.

Para finalizar eu quero falar da edição do encadernado. A minha é a Deluxe da Panini, com uma Prefácio do Mark Millar e com as capas das edições que saíram lá fora (inclusive as variantes). O papel é de ótima qualidade e a capa tem um belo trabalho gráfico e muito significativo (cheio de verniz localizado).

Por aí tem a edição da Salvat que é mais barata e faz parte de uma grande coleção. Elas tem basicamente a mesma coisa, porém a Salvat explica os eventos até a Guerra Civil e tem uma menor quantidade de capas extras e uma qualidade de papel ligeiramente inferior. Então fica a cargo do leitor escolher qual é mais conveniente para o bolso e para a coleção.

Guerra Civil é uma história interessante, impactante e importante. Suas discussões sobre liberdade e segurança vão te fazer pensar e te envolver. Não seria surpreendente se vocês escolhesse um lado na guerra e entrasse em um embate com seu melhor amigo também.



Por hoje é só, mas em breve estarei de volta. Fique atento às minhas redes para saber o que mais vem por ai (no meu snapchat comento até quando estou lendo). Até a próxima!


15 comentários:

  1. Quase comprei essa HQ na amazon essa semana, já tinha lido anos atrás pelo note, comprei o livro romanceado em dezembro, vou esperar mais um pouco, de qualquer forma é uma ótima HQ, um ótimo trabalho, compensa e muito ler! www.sagaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oie, sou maníaca por quadrinhos. Agora Marvel é sempre complicado falar, já que como tu diz, o final sem sempre é um final, porque as histórias tem uma continuação...

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. Oiie Danilo! Eu confesso que não sou muito fã de HQ,mas perae, os heróis da Marvel são os heróis da Marvel então esse HQ em específico me interessaria.O problema tá na falta de final, como você falou, e na falta de diálogos. Não seria algo que eu compraria mas leria sim! Bjo


    http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ai que coisa complicada o povo decidir que os super-heróis não poderiam mais atuar sem registro e treinamento... eu com certeza seria contra essa medida! hehe... Não sou muito de ler HQs, mas achei o enredo dessa interessante, mesmo com esse final com efeito Fast Forward. E por essa imagem que você colocou a colorização está mesmo incrível!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  5. Eu amo hqs, mas confesso que geralmente os leio fora de qualquer ordem. Isso porque eu sempre pego emprestado de alguém, então o que vier é lucro. Eu gostaria muito de poder todas as hqs na ordem certa, mas precisaria de ajuda para poder saber a tal ordem. Mas Guerra Civil é uma que tenho muita vontade de ler, mesmo com os meus amigos já tendo me dito tudo o que acontece.

    Bjs.

    http://ciadoleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Danilo, eu adoro hqs mas confesso que esses de super herói não chamam minha atenção, apesar que achei a sua resenha muito boa e cativante, talvez um dia desses eu dê uma chance a obra.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Danilo, tudo bem? Esse não é o tipo de leitura que acompanho, mas parece ser muito interessante. Os únicos super heróis que acompanho são o super man e o spider man. Não conheço muitos os outros rs Beijos, Érika

    - www.queroseralice.com.br -

    ResponderExcluir
  8. Danilo, tenho mais ainda não li.
    Quero muito ler antes do filme para ter uma boa noção.
    Resenha ficou bem bacana.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  9. Olá Danilo
    Não li ainda essa HQ mas tenho muita vontade, porém, fiquei meio assim pelo fato do final :/ Mas veremos né?
    Abraço
    http://interessantedeler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá, Danilo!
    Nunca tinha visto essa HQ, apesar de apreciar o gênero, conheço poucas. Achei a história bem interessante, me fez lembrar de X-Man, acho que ficaria presa ao enredo do início ao fim. Também aprecio esse debate sobre liberdade e segurança.

    ResponderExcluir
  11. Não costumo acompanhar os HQs, talvez por falta de pratica, mas a historia do quadrinho parece ser bem legal, mas não sei dizer quando virá aquela vontade de ler HQs...mas Parabéns pelo post.

    Beijos

    devoreumlivrooufilme.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oie,

    Eu tenho muita vontade de ler algum HQ. E tipo fiquei apaixonada por esse de Guerra Civil, estou mega curiosa com o filme, e quero saber mais da história do que eu saberei apenas pelo filme!

    Bjs
    Mayla

    ResponderExcluir
  13. Oi Danilo, tudo bem?

    Não sou fã de HQ e também não gosto muito de super herói, mas gostei de ver a abordagem desse livro, envolvendo a família, amigos, tudo prejudicados por um evento. Essa sensação de que as coisas se resolveram correndo é bem chata mesmo, principalmente em uma HQ que sempre tem várias edições.

    Mas que bom que é uma história envolvente, adorei a parte gráfica, parece ser uma HQ muito bonita... mesmo com todas as cenas de luta.. rs.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima || Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  14. Olá Danilo!!!
    Confesso pra vc que eu adoro a Marvel e tudo mais, porém não tenho costume de ler HQ's.
    Adorei a história...

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  15. Má oeee,Dan,meu mordomo ficticio favorito,não sabia que ce escrevia tão bem. Quando se fala de quadrinhos,ando tão patriota que estou atrasando as minhas leituras de incríveis obras estrangeiras como essa,enfim,sua resenha me fez perceber o que estou perdendo. Abraçoo!

    ResponderExcluir

Espero que tenha curtido a postagem! Volte mais vezes :D