OPINIÃO | O Despertar do Príncipe de Colleen Houck

18 de out de 2015



O Despertar do Príncipe - Colleen Houck

Original: Reawakened
Série: Deuses do Egito #01
Páginas: 384
Ano: 2015
Editora: Arqueiro

*Livro cedido em parceria com a editora

Quando a jovem de dezessete anos, Lilliana Young, entra no Museu Metropolitano de Arte certa manhã, durante as férias de primavera, a última coisa que esperava encontrar é um príncipe egípcio ao vivo com poderes divinos, que teria despertado após mil anos de mumificação.E ela realmente não poderia imaginar ser escolhida para ajudá-lo em uma jornada épica que irá levá-los por todo globo para encontrar seus irmãos e completar uma grande cerimônia que salvará a humanidade.Mas o destino tem tomado conta de Lily, e ela, juntamente com seu príncipe sol, Amon, deverá viajar para o Vale dos Reis, despertar seus irmãos e impedir um mal em forma de um deus chamado Seth, de dominar o mundo.


Olá lindos, tudo bem? A resenha de hoje ficou um pouco grande, mas ainda assim sinto que não escrevi nada comparado com o que senti realizando essa leitura.

Liliana Young tem tudo para ser aquele tipo de adolescente mimada. Seus pais são ricos, mora na cobertura de um hotel em Nova York, tem certos privilégios, mas mesmo com tudo isso, ela é uma garota decidida e amável. Adora frequentar o  Metropolitan Museum of Arte, e certo dia, visitando a seção egípcia – que está fechada para visitação, mas como disse, ela tem privilégios -, acaba escutando um barulho estranho e se depara com um desconhecido. Esse desconhecido é na verdade uma múmia, um príncipe egípcio chamado Amon que despertou de seu sono após mil anos, com o intuito de realizar uma cerimônia com seus outros dois irmãos, para assim poderem evitar que Seth, o deus do caos retorne e cause destruição. 

Dessa vez as coisas estão diferentes, Amon além de ter despertado longe de seus irmão, também está sem seus vasos canópicos (onde ficam guardados seus órgãos), então ele se liga a Lily para poder usar sua força vital e assim poder seguir com seu propósito. A partir disso Lily vai em uma jornada junto com Amon para o Vale dos Reis no Egito, a fim de ajudá-lo a conseguir realizar o ritual. 

"Tive a sensação de que ele estava pedindo muito mais do que a indicação sobre como chegar à lanchonete mais próxima, e de repente tive certeza de algumas coisas. Primeiro, ele estava fora do seu ambiente, era literalmente um estranho em terra estrangeira. Segundo, embora sem dúvida se sentisse à vontade no próprio corpo, estava tendo momentos de confusão e dúvida, o que o deixava inseguro e hesitante, sentimentos que o incomodavam. Em terceiro lugar, parecia mesmo precisar de mim. Isso, mais que tudo, estava claríssimo."(p.39)

Esse livro, sem dúvida nenhuma, foi uma grande surpresa para mim. Não lembro se já comentei por aqui (sei que falei lá no canal), sou muito apaixonada pela Saga do Tigre, da mesma autora, então quando vi que a Arqueiro ia lançar essa nova série dela, fiquei bem animada e receosa ao mesmo tempo. Receosa porque fiquei com medo de que algumas coisas que eu não curti na Saga do Tigre se repetisse aqui, mas Colleen evoluiu muito desde a última série, tornando O Despertar do Príncipe um livro maravilhoso.

A personagem principal, Lily, me cativou logo no início. Mesmo ela sendo rica, tendo “tudo que quer”, não é arrogante e nem tenta se sobrepor aos outros. Na verdade ela é uma ótima pessoa, mas com pais bem ausentes. Sua vida gira em torno de ser a melhor aluna, e se relacionar com pessoas que seus pais acham apropriado. O que mais marca sobre ela é que não possui direito de escolha, tudo deve ser escolhido de acordo com o que seus pais querem, o que a deixa com um dilema enorme agora que está para entrar na universidade e não sabe que curso escolher.

A partir do momento que Amon entra em sua vida, ela encontra um mundo diferente. Não só por ter que ir para outro país para ajudá-lo a cumprir seu propósito, mas ela vai descobrindo coisas sobre si mesma e o modo que enxergava o mundo. Um ponto positivo nessa história é a evolução de Lily e o quando ela aprende e amadurece nessa jornada.

"(...) mesmo que eu não estivesse à vontade com as emoções que ele despertava, jamais me senti tão viva. Mais como uma garota de verdade e menos como a boneca de porcelana que meus pais haviam me moldado." (p.74/75)

Apesar de ter romance envolvido, esse não é o foco da história, e creio que agradará e desagradará muita gente. Para mim, foi um ponto mais que positivo. Conhecemos um pouco dos mitos egípcios, e com flashbacks da antiga vida de Amon e seus irmãos, vemos como era a relação dos deuses com seu povo, e o quanto isso influenciava na vida de cada um.

Os príncipes também foram personagens que me agradaram demais, cada um ao seu modo. Amon é o que tem mais destaque, e ao longo do livro vamos entendendo o porque. Logo depois conhecemos Asten, que de longe é meu irmão favorito. Ele tem um ego enorme, é engraçado e fofo, e você ri bastante com o que ele diz, mesmo nos momentos de tensão. Me apaixonei por ele logo de cara. Por último temos Ahmose, e esse é o irmão mais tranquilo. Os três são complementos um dos outros, e é lindo ver a relação de amor entre eles.

Não posso deixar de citar o grão-vizir Osahar Hassan, com quem tive desconfianças desde que apareceu, e que tem uma grande importância para a história.

A história te prende desde o início e é quase impossível você parar de ler. A narrativa da autora é fluída e você entra tanto na história que começa a sentir o que os personagens sentem, querendo descobrir mais a fundo sobre os propósitos dos príncipes e se vão ou não conseguir concluir o ritual.

A edição está maravilhosa, a Arqueiro realmente está de parabéns. A capa é metalizada com os nomes em relevo. A fonte é boa de se ler e existe detalhes no início de cada capítulo e cada parte (o livro é dividido em três partes).




O Despertar do Príncipe está mais do que recomendado. Se você gosta de aventuras, mistérios, mitologia, uma pitada de romance (mas que foge dos padrões) e um vilão perfeito para ser odiado, esse livro é para você. Colleen Houck acertou em cheio nessa série e depois desse epílogo a única coisa que quero é a continuação.



É isso, espero que tenham gostado. Não esqueçam de comentar se já leram algum livro da autora e se tem curiosidade de conhecer essa nova série dela. Se você já leu, não deixe de falar se concorda com o que disse aqui, quero saber a opinião de vocês. 

Beijos e até a próxima

Me siga nas redes sociais 

9 comentários:

  1. Gabi amei sua resenha, vi sobre esse livro na Fan Page da editora e fiquei super curiosa, agora que você fez essa resenha sensacional fiquei com mais vontade ainda rs.
    Gostei muito do blog também, parabéns.
    Beijo
    http://www.tecontopoesia.com

    ResponderExcluir
  2. Oi linda,

    Estou suspirando por esse livro. Ainda não comprei porque tenho outros na fila.

    A maioria dos comentários são positivos sobre o livro e Collen anda evoluindo muito em seus livros e isso tem agradado aos seus fãs.

    Beijos

    poesiaqueencantavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá

    Nunca li nada da autora,mas quando tiver um tempinho,pretendo ler, adoro livros que tenham aventuras,mitologias e etc.

    Bjss

    ResponderExcluir
  4. Ainda bem que a escrita da autora evoluiu, pois já li várias resenhas dos livros da Saga do Tigre e é cheio de elementos que me incomodam num livro, por mais que a mitologia seja interessante. A trama desse livro me parece ser bem interessante!

    Beijão
    Giovana - deiumjeito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Adorei sua resenha ❤
    Compartilho do seu medo de a autora cometer os mesmo errinhos da saga anterior, mas essa mulher é um poço de talento... E simpatia também, devo dizer.
    Tive a chance incrível de conhecer a Collen na sessão de autógrafos aqui em SP e ela foi uma fofa :)
    Ainda não consegui pegar O Despertar do Príncipe, estou receosa de amar muito e não ter a continuação.
    Gostei das suas observações à respeito da maturidade da protagonista e confesso que gostei mais ainda de saber que o foco do livro não é romance... Preciso de mais emoção e aventura então adorei :D

    Abraço e Boas Leituras Sempre,
    Biblioteca do Coração❤

    ResponderExcluir
  6. Gabriela, amo mitologia e por algum motivo que nem eu entendo deixei esse livro passar na parceria, mas ainda pretendo lê-lo.
    Com o pouquinho que você falou dos irmãos príncipes já me deixou bem curiosa.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  7. Oi Gabi.
    Sua resenha me deixou muito curiosa, acredita que não li nada da Colleen Houck? Tenho o primeiro volume da série do Tigre mas sempre adio a leitura.
    Voltando a esse livro que tem uma capa maravilhosa, fiquei muito curiosa em saber como isso vai se desenrolar. Senti um alivio ao saber que apesar da Lily ser rica e tal, não é aquela menina arrogante e mimada, porque eu desanimo quando encontro essas personagens rs' Quero conhecer mais esse príncipes hein.. mas agora só em 2016 tem muita leitura ainda acumulada aqui rs' Parabéns pela resenha!

    beijos!
    lovesbooksandcupcakes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Já tem um tempinho que quero ler esse livro <3

    http://mysecretworldbells.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oii,
    Gostei da sua resenha. E vejo sempre comentários bem positivos com o livro. Já coloquei ele na minha lista enorme de leitura..hahahah

    Beijos

    ResponderExcluir

Espero que tenha curtido a postagem! Volte mais vezes :D