OPINIÃO | Híbrida da Mari Scotti

17 de set de 2015



Híbrida - Mari Scotti

Série: Neblina e Escuridão #01
Páginas: 360
Ano: 2013
Editora: Novo Século

*Livro cedido em Booktour

Por toda vida Ellene teve a sensação de ser diferente de seus irmãos e dos moradores de sua vila, pois não adquiriu características de lobisomem como era esperado, e afastava-se cada vez mais desta natureza. Com um espírito rebelde, resolve desvendar o passado em busca de sua verdadeira origem. O que não planejava era entrar no meio de uma rixa entre vampiros, a raça que aprendeu a temer e odiar desde menina. Para piorar, seus pesadelos voltaram: sonhos com um homem misterioso de olhos ameaçadores, envolvido por uma densa neblina. Há quase cem anos a rainha dos vampiros fora sequestrada e seu marido, Milosh, desde então busca incessantemente encontrá-la. O tempo é escasso e as autoridades do Conselho desejam eleger um rei omisso e cruel em seu lugar. Na tentativa de tardar a mudança, ele se une a maior inimiga da rainha. Qualquer erro pode condená-lo a morte e subjugar todos os seus iguais. Ellene e Milosh mal sabem que o que buscam os colocará frente a frente, em uma trama de intrigas, poder, amor e ódio.


Olá amores, tudo bem? Hoje vim com a resenha de um livro que me surpreendeu positivamente. Espero que aproveitem!

Híbrida conta a história de Ellene, uma adolescente que mora numa vila com sua família. Eles são lobos, mas ela ainda não se transformou, o que a faz se sentir diferente e esquisita. Além disso, ela possui alguns poderes que só quem já se transformou poderiam adquirir.

Milosh é um vampiro muito poderoso, que está em busca para encontrar sua esposa e rainha dos vampiros, Elizabeth, que foi sequestrada a quase 100 anos. O governo está querendo colocar um rei tirano e rude no lugar, então Milosh tem que correr contra o tempo para encontrar sua amada. Então ele se alia a maior inimiga da rainha, Heidy, com o intuito de restaurar a ordem.

"... Uma sociedade destruída, sem direcionamento. Sua única esperança está no lado oposto, vivendo nos sonhos, ma mais densa escuridão." (p. 9)


Ellene entra em uma jornada para descobrir mais sobre seu passado, pois sabe que é adotada, e descobrir o motivo de não ter se transformado em loba ainda. Além de tentar desvendar o pesadelo que a consome a anos, onde ela sempre sonha com um homem misterioso de olhos penetrantes envolto de uma neblina.

Com a ajuda de seu melhor amigo Tomás, ela vai descobrindo coisas sobre seu passado que jamais poderia imaginar, chegando cada vez mais perto daquela raça que aprendeu a odiar desde sempre.

Não tenho palavras para descrever o quanto a história me surpreendeu e o quanto foi gostosa lê-la. A escrita da Mari é fluída e envolvente, e você quer ler mais e mais para tentar desvendar o mistério que rodeia a história.

O livro é narrado em terceira pessoa, então podemos entender de uma forma bem ampla o que acontece na história, e isso é muito bacana. A busca de Elle e Miloh vão se cruzar, apesar deles aparecem juntos na mesma cena pouquíssimas vezes. A história se desenrola mesmo em suas buscas separadas, com alguns flashbacks do passado. 

A ambientação é em São Paulo, com algumas partes em Londres, e achei isso bem legal. Quem mora no estado com certeza vai reconhecer os locais em que os personagens passam, eu só fico na vontade mesmo, rs.

Falando em personagens, eles foram muito bem construídos. Me encantei com Ellene logo de início (o que é raro), ela não é fresca, corre atrás do que quer e está bem determinada a descobrir sobre seu passado e sua família biológica, para descobrir porque é tão diferente dos demais de sua vila. Milosh é encantador (e lindo), você se comove com o sofrimento dele perante o desaparecimento de sua esposa, e o quanto ele a quer encontrar e restaurar a ordem em seu povo. Apesar de ser muito inocente e você querer bater nele em alguns momentos, é difícil não simpatizar com ele e com sua causa. 

"A verdade liberta, é o que diz a Bíblia, não é? É a mais pura verdade. Liberta e machuca!" (p. 246)

Os personagens secundários também tem grande importância na história, como a meia vampira Heidy (que tem meu mais sincero ódio), o lobisomem Tomás (que eu amo e odeio ao mesmo tempo), a família de Ellene e Benjamim, amigo de Milosh. 

Além disso a autora coloca algumas referências nerds ao longo da história que eu achei super bacana, dando um ar mais descontraído em meio ao todo mistério.

Não posso deixar de citar o final, que acabou comigo. Estou muito ansiosa pelo segundo volume, Guardião, para poder saber como estão nossos queridos personagens. 

A diagramação é boa, simples, mas faz com que a leitura seja mais fluída. A única coisa que não curti muito foi a capa, não gostei da foto da menina, apesar de ter tudo a ver com a história.



É isso, espero que tenham gostado. O livro está recomendadíssimo para você que ama mistérios, vampiros e lobisomens. Apesar da autora ter se inspirado em Crepúsculo, é nítido como a sua obra sobrepôs a original. 

Não deixem de comentar se já leram ou pretendem ler a obra, e o que esperam dela. Vou deixar aqui embaixo o booktrailer do livro, que está muito bacana.


Beijos e até a próxima

Me siga nas redes sociais 

14 comentários:

  1. Gabriela obrigada pela resenha! Vou te contar que a capa da segunda edição está bemmmm melhor! Logo divulgo pra vocês.
    Amei saber que gostou da história, dos personagens (até dos chatos haha).
    Espero que se apegue ainda mais na sequência.

    Beijão, Mari Scotti

    ResponderExcluir
  2. Esse livro sempre me chamou muito a atenção, já vi ele várias vezes pela net, mas nunca tomei vergonha na cara para lê-lo, quem sabe depois da sua resenha, eu não mude de atitude e de uma chance para ele!

    cafelivrosseries.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Gabi! Adorei a resenha.

    Não conhecia o livro, mas a história acabou me atraindo um pouco, especialmente pela ambientação em lugares tão opostos. Assim como você, também não curti muito a capa (não gosto de rostos nas capas porque na maioria das vezes fica mal feito), porém... Poderia ser pior.

    Fernanda Oliveira | Meraki

    ResponderExcluir
  4. Apesar de a princípio ter ficado totalemnte:
    Aaaaah sério? Vampiro X Lobo again?
    Menina, eu amei.
    Essa questão deve ser bem explicada no livro, pra saber ela "esqueceu-se" de tudo, haha.
    Leria esse livro com certeza
    Ótima resenha.

    ResponderExcluir
  5. HIBRIDAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA <3
    Gostei bastante da história e adoro a autora. A Mari é muito fofa. E uma escritora super presente e tal.

    Kamylla Prado.
    BJS

    vidaemserie.com

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Apesar de ainda não ter lido Híbrida, sou super suspeita pra falar pois adoro a escrita da Mari, já li a série Nefilins e Montanha da Luna e me encantei.
    Tenho muita curiosidade para conhecer a história de Ellene, espero conseguir ler Híbrida logo.
    Ótima resenha!
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    tem tempo que não leio livros de Vampiros e lobisomens.
    Adoro já saber que a personagem não é fresca, porque eu odeio essas personagens chatas, mimadas e frescas rs'. Fiquei interessada pela história e essa capa é linda, irei adicionar na minha listinha do skoob, quem sabe no próximo ano eu leia, porque esse ano, tá tenso aqui! rsrs...

    beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  8. Olá
    Acabei de ler uma resenha sobre este livro, e já estou sabendo que vai ter lançamento do próximo.
    Nunca li nada com vampiros, quero muito ler!
    bju!

    www.lelendolido.com.br

    ResponderExcluir
  9. Eu confesso que não escolheria esse livro antes de ler a sua resenha, tenho lido tanto livro de vampiro e lobo, mas agora que o conheci melhor, já quero ler também! Mas prefiro aguardar lançar a sequencia!! Eu gostei da capa rsrs...
    Otima resenha!

    ResponderExcluir
  10. Oi oii!
    Também não curti a capa não, achei um tanto mal feita...
    Mas olha, a história parece ser incrível! Ainda não conhecia o livro e fiquei muito curiosa.
    Gosto de mistério, e com fantasia fica melhor ainda. Achei interessante essa mistura de vampiro, lobos e tudo mais.
    Bom saber que os personagens são bons e bem construídos e que a leitura flui bem, já que isso é bem importante né!
    Enfim, gostei da sua resenha e anotei a dica, espero poder ler em breve!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Gabriela, o meu híbrida está há uma vida na estante, mas nunca arrumei tempo para ler.
    Espero que agora que guardião será lançado eu possa ler.
    A história tem tudo que eu amo e ainda mescla os cenários com Brasil e Londres ♥

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  12. Hibrida está na minha lista de desejados a muito tempo, e toda vez que vejo uma resenha fico chorando por ainda não ter o livro #Dramatica hahahaha
    Esse mundo criado pela autora de vampiros e lobisomens me encanta, eu adoro isso e com certeza irei gostar da história.
    Fico muito curiosa para saber mais do passado da protagonista, espero que isso seja bem esclarecido no primeiro volume, porque não aguentaria tanta curiosidade pra saber só no segundo

    ResponderExcluir
  13. Olha eu sinceramente tenho que confessar que eu tinha o livro um tempão parado na estante e acabei cedendo para sorteio, mas espero poder tê-lo novamente, porque gostei muito da sua resenha. Me parece ser uma estória fantástica. Tenho visto muita gente comentando bem sobre o livro. Mas como ele não é minha prioridade, vou deixar mais pra frente. Mas mesmo assim parabéns pela sua resenha. Muito bem desenvolvida.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/09/resenha-zoo-james-patterson.html

    ResponderExcluir
  14. Oii!

    Já ouvi falarem bastante desse livro e acho a capa dele uma graça! Gostei muito da sinopse e da sua resenha :) Vou anotar a dica e pretendo ler em breve!
    Parabéns pela resenha!

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir

Espero que tenha curtido a postagem! Volte mais vezes :D