OPINIÃO | Princesa Adormecida da Paula Pimenta

24 de mar de 2015


Título: Princesa Adormecida
Autor: Paula Pimenta
Págs.: 192
Ano: 2014
Editora: Galera Record



Era uma vez uma princesa... Você já deve ter ouvido essa introdução algumas vezes, nas histórias que amava quando criança. Mas essa princesa sou eu. Quer dizer, é assim que eu fiquei conhecida. Só que minha vida não é nada romântica como são os contos de fada. Muito pelo contrário. Reinos distantes? Linhagem real? Sequestro? Uma bruxa vingativa? Para mim isso tudo só existia nos livros. Meu cotidiano era normal. Tá, quase normal. Vivia com meus (superprotetores) tios, era boa aluna, tinha grandes amigas. Até que de uma hora pra outra, tudo mudou. Imagina acordar um dia e descobrir que o mundo que você achava que era real, nada mais é do que um sonho. E se todas as pessoas que você conheceu na vida simplesmente fossem uma invenção e, ao despertar, percebesse que não sabe onde mora, que nunca viu quem está do seu lado, e, especialmente, que não tem a menor ideia de onde foi parar o amor da sua vida. Se alguma vez passar por isso, saiba que você não é a única. Eu não conheço a sua história, mas a minha é mais ou menos assim...



Olá lindos, como estão? A resenha de hoje é de um livro que li a um tempinho, mas que gostei bastante. Aproveitem a leitura :)

O livro conta a história de Anna Rosa, uma adolescente de 16 anos anos que tem uma vida normal. Mora com seus três tios mega protetores, estuda em um colégio interno e raramente sai. Por receber uma super proteção de seus tios, ela não tem experiências de sair e se divertir com suas amigas, paquerar, etc. Até um dia, em que suas amigas a decidem levá-la para uma festa escondida de seus tios, para comemorar seu aniversário. Lá ela se diverte imensamente e conhece a DJ Cinderela, que é muito legal com ela. Porém, tudo que é bom dura pouco, seus tios descobrem a saída das garotas, ficam extremamente bravos com Anna e a partir daí a superproteção deles com ela é cada vez maior.

Depois dessa festa, Anna começa a receber sms de um garoto que a viu e se encantou por ela. No início ela fica receosa, pois é um desconhecido falando com ela, mas a cada troca de mensagem eles vão se tornando mais amigos, mais íntimos e Anna começa a sentir emoções que nunca sentiu antes.

Quando o coração está inquieto, a cabeça dificilmente consegue se concentrar. (p. 97)

Eu sou apaixonada por contos de fadas, e leio todas as adaptações que encontro. Quando li o conto da Paula Pimenta no O Livro das Princesas fiquei apaixonada, principalmente porque foi o meu primeiro contato com a autora. Quando vi que ela ia lançar essa série de recontos eu pirei e assim que lançou pedi para minha amiga me dar de aniversário (obrigada Pri *-*). Porém, a história não foi exatamente o que imaginei e acabei me decepcionando um pouco.

Achei original a ideia da Paula, pois intercalado com a vida de Anna, existe um passado sobre a vida dela que ela não conhece, de vingança, proteção, onde tudo que ela conhece é totalmente diferente do que realmente é. tão improvável que parece um conto de fadas. A vilã da história é super real, e você pode esbarrar com ela por aí. A vida de Anna quando criança, onde ela só tem alguns flashs e sonhos é muito bem construido, e você pensa que isso pode acontecer na vida real. E foi o que mais me chamou atenção, a possibilidade de isso realmente acontecer.

O romance da história, que é um dos focos principais, foi o que me decepcionou. Não sei se eu li a história no momento errado, mas achei o romance bem maçante e muito meloso. Anna e Phil ficam a maior parte do livro conversando por mensagens, e marcam de se conhecer num evento que vai ter na escola dela. Anna canta e toca piano e ela o chama para assistir sua apresentação. Mas algo da errado e depois disso ela descobre toda a verdade que lhe foi escondida sobre sua vida e a morte de seus pais. 

O final é bem clichê, como em todo contos de fadas, e apesar de eu não ter curtido tanto assim, é um livro que eu recomendo. Ele é fácil e rápido de ler, fiz a leitura em um dia apenas, e a arte do livro está linda demais. A diagramação está maravilhosa, o conjunto da obra está muito bom.


É isso, espero que tenham gostado. Comenta aí embaixo o que vocês acharam do livro, e se não leram comenta aí se pretendem fazer e quais são suas expectativas.

PS: No livro, a personagem principal cita muito a música Rainbow da Colbie Caillat, então vou deixar a música aqui para vocês ouvirem também ;)


 

Beijos e até a próxima

Me siga nas redes sociais 


8 comentários:

  1. Olá :) Sinto curiosidade de ler livros da Paula Pimenta, pois vejo muitos falarem super bem. :D Gosto muito de releituras de "contos de fadas", sinto curiosidade de algum dia ler esse aí, quero saber se essa versão me agrada. :D Que pena que você achou a história de certa forma decepcionante. :/ Gostei da resenha! *-* Beijão! s2
    Blog: http://my-stories-wonderful-books.blogspot.com.br/
    Página: https://www.facebook.com/BlogWonderfulBooks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Gaby :)
      O livro é legal e a narrativa flui bastante, mas achei clichê demais, sei lá. Mas pretendo sim ler outros livros da autora. Beijos

      Excluir
  2. Olá, tudo bom?
    Já li o livro e não gostei muito não. Tive basicamente as mesmas impressões que você, só que achei o livro meio fumado demais, sabe? jdfajksd Diferentemente do que tu achaste, achei que a vilã foi o ponto fraco da história, porque ficou tudo muito raso por ali. Beijos,
    http://www.entreleitores.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Jessica, tudo bem :)
      Sei como é, eu gostei da vilã pelo fato de que pode ser real aquilo, mas foi bem aprofundado mesmo. Beijos

      Excluir
  3. Oiii, tudo bem?
    Não tenho muita curiosidade de ler Paula Pimenta mas são tantos os comentários positivos sobre eles... Quem sabe um dia eu me renda? Mas ainda assim quero começar por Fazendo Meu Filme que foi a sinopse que mais me identifiquei.
    Adorei sua resenha, Gabis!
    Beijos
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Gabrielly, tudo bem :)
      Eu te entendo, também relutei em ler os livros dela. Mas por ser recontos eu achei legal começar por eles. Obrigada flor, beijos

      Excluir
  4. Oi Gaby!
    Eu gostei bastante desse livro. Vi que muita gente se decepcionou, mas como não estava esperando por uma história espetacular, foi tranquilo. Li super rapidinho também, devorei em uma tarde. Não foi o meu primeiro contato com a escrita da Paula (eu li os dois primeiros livros da série Fazendo Meu Filme) e adoro a narrativa dela. Muito, muito bom! *-*
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Neyla :)
      Eu acho que li o livro no momento errado, porque emprestei para uma amiga e ela apaixonou. Acho que estava com algumas expectativas também. Pretendo ler o Fazendo Meu Filme, dizem que é muito bom. Beijos

      Excluir

Espero que tenha curtido a postagem! Volte mais vezes :D